Diferenças entre edições de "Rogier van der Weyden"

Sem alteração do tamanho ,  23h10min de 7 de novembro de 2016
Corrigir
(Corrigir)
Ao ser proclamado pintor oficial da cidade de Bruxelas, adoptou o nome de Rogier van der Weyden, que era, notoriamente, um nome flamengo. Rogier trabalhou bastante em Bruxelas, especialmente na corte do [[Duque da Borgonha]]. Era um discípulo de [[Robert Campin]]. Partiu para [[Itália]] em [[1450]] e viveu em [[Roma]] e [[Ferrara]], embora tenha voltado a Bruxelas no final da sua vida.
 
Rogier foi bastante aclamado durante sua vida inteira e vários pintores europeus, como [[Zanetto Bugatto]], foram enviados para a oficina de Rogier para aprender com o mestre. Sua obra influenciou vários outros artistas como [[Hugo van der Goes]], [[Hans Memling]], [[Petrus Christus]], [[Dieric Bouts]], [[Gerard David]], [[Joos van CleefCleve]] e [[Frans Floris]].
 
Seus quadros são hoje disputados pelos melhores museus e coleccionadores de todo o mundo, encontrando-se algumas das suas obras no [[Museu do Prado]], em [[Madrid]] e no [[Museu do Louvre]], em [[Paris]].