Abrir menu principal

Alterações

1 499 bytes adicionados ,  15h15min de 9 de novembro de 2016
sem resumo de edição
O primeiro contato com o [[Brasil]] aconteceu em 1994, quando a cidade [[Novo Hamburgo]]/RS e a Confederação de Coros Brasileiros convidaram o coral distrital de Hamburgo, Alemanha, sob liderança de Axel, para fazer apresentações no Brasil. Em 2001 casou-se no Brasil e, com sua mulher, atuou em [[Belo Horizonte]], em projetos sociais ligados a várias igrejas e denominações.
 
A [[Igreja Evangélica Luterana do Brasil]] ([[IELB]]) convidou-o em 2005 para ir a [[Cariacica]], ES, a fim de começar um novo projeto de música.<ref>[http://escolademusica.oyla.de/cgi-bin/hpm_homepage.cgi Axel Bergstedt, maestro e compositor]. Cariacica, ES, Brasil</ref> Além de liderar corais de várias igrejas, entre [[Evangelicalismo|evangélicas]] e [[Catolicismo|católicas]], e dar frequentemente palestras eem todo o Brasil trabalha também temporáriamente em escolas de música e faculdades.
 
Entre os alunos de Axel Bergstedt, destacam-se as três cantoras da banda [[Black Buddafly]], e os maestros Jacob Deiml ([[Alemanha]]) e Kimiko Mizutani, ([[Japão]]).
Existem várias outras obras para corais, e também para órgão de tubos, piano e outros instrumentos, além de obras teóricas.<ref>[https://coralluterano.wordpress.com Obras de Axel Bergstedt no site Coral Luterano]</ref>
 
== Compromisso social e político ==
 
Já na Alemanha Axel Bergstedt foi envolvido em várias ONGs e obras sociais e organizou muitos eventos beneficentes. O lucro do musical "Ronja, filha de ladrão foi destinado para o [[Fundo das Nações Unidas para a Infância]] (UNICEF). Em 2000 fez um ano social no Brasil trabalhando em [[Favela|favelas]] de Belo Horizonte. Desde 2011, quando começaram as perseguições e o genocídio de cristãos, [[Yazidi|yazidis]], [[alauitas]] e outras minorias no [[Iraque]] e [[Síria]] publicou textos sobre as atrocidades, matanças e os [[Estupro coletivo|estupros em massa]] de meninas e mulheres yazidis e cristãs e participou da Fundação Irmã Hatune Internacional<ref>[http://po.hatunefoundation.com/portuguese/information/ Site da Fundação Irmã Hatune Internacional]</ref> para salvar o maior número possível das vítimas e prestar ajuda psicológica e médica às meninas.<ref>[http://estadoislamico1.blogspot.de/ Blog Estado Islâmico]</ref> Por causa dessas atividades foi acusado de ser [[nazista]], [[racista]] e [[pedófilo]] por ativistas [[islamistas]], que culminou em uma investigação policial em [[2016]] com grande repercussão nas mídias. A ONG e também o maestro em particular mantêm blogs e sites com associação direta entre [[estupros de guerra|estupros em massa]] e o [[islamismo]].<ref>[http://po.hatunefoundation.com/portuguese/irma-de-ordem-turca-critica-o-isla Irmã de Ordem critica o Islã] entre outros artigos</ref>
Foi preso em [[2016]] acusado de [[pedofilia]]. O maestro mantinha blogs e sites com associação direta entre [[pornografia]] e [[religião]]; ele usava inclusive o computador da igreja para atualizar o material. A polícia ainda encontrou material referente ao [[Estado Islâmico]]. Bergstedt pagou R$ 5000,00 de [[fiança]] e responde em liberdade. Ele já havia cumprido pena na Alemanha nos anos 90 pelo assassinato da esposa. <ref>[http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2016/03/maestro-alemao-atualizava-blog-de-pedofilia-dentro-de-igreja-no-es.html]</ref> <ref>[https://www.welt.de/print-welt/article370591/Fluechtiger-Haeftling-nach-einem-Jahr-in-Brasilien-gefasst.html]</ref> <ref>[http://g1.globo.com/espirito-santo/videos/t/todos-os-videos/v/maestro-alemao-atualizava-blog-de-pedofilia-dentro-de-igreja-diz-policia-do-es/4873766/]</ref>
 
33

edições