Abrir menu principal

Alterações

464 bytes adicionados ,  02h14min de 14 de novembro de 2016
sem resumo de edição
[[Prêmio Machado de Assis]] (2016)
|obra-prima = ''[[Não Verás País Nenhum]]''<br />''[[Zero (livro)|Zero]]''<br />''[[Bebel que a Cidade Comeu]]''
|website = [http://www.ignaciodeloyolabrandao.com/ IgnacioDeLoyolaBrandao.com]
}}
'''Ignácio de Loyola Lopes Brandão''' ([[Araraquara]], {{dtlink|lang=br|31|7|1936}}) é um [[Conto|contista]], [[Romance|romancista]] e [[jornalista]] [[brasil]]eiro<ref name=specs>{{citation|title=Biografia - Ignacio de Loyola Lopes Brandão ou Inácio de Loyola Brandão|publisher=Enciclopédia Itaú Cultural|url=http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa282/ignacio-de-loyola-brandao|accessdate=22 de outrubro de 2014}}</ref>. Possui uma uma vasta produção literária, tendo sido trazidotraduzido para diversas línguas. Recebeu entre váriosalguns prêmios, o Jabuti em 2008.
 
== Biografia ==
 
== Prêmios ==
* Prêmio Especial do I Concurso Nacional de Contos do Paraná por ''"Pega ele, Silêncio"'' - 1968.
* Melhor Ficção pelo romance ''[[Zero (livro)|Zero]]''., RecebeuFundação esteCultural prêmiodo emDistrito Federal - julho de 1976.
* Jabuti de 2008 (melhor ficção) pelo livro ''[[O Menino que Vendia Palavras]]''.
* Prêmio Pedro Nava, da União Brasileira de Escritores e Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) na categoria "Melhor Romance", por ''"O Ganhador"'' - 1988.
* ''O Menino que vendia palavras'' - Prémio Fundação Biblioteca Nacional, como melhor livro infanto-juvenil de 2007.
* Prêmio IILA, do Instituto Ítalo-Latino-Americano, pelo romance "Não verás país nenhum", publicado na Itália - 1984.
* Recebeu em 2016 da [[Academia Brasileira de Letras]] o [[Prêmio Machado de Assis]] pelo conjunto da sua obra.
* Jabuti de 2008 (melhor ficção) pelo livro ''[[O Menino que Vendia Palavras]]'' - 2008.
* ''O Menino que vendia palavras'' - Prémio Fundação Biblioteca Nacional, como melhor livro infanto-juvenil de- 2007.
*[[Prêmio Machado de Assis]] da [[Academia Brasileira de Letras]], pelo conjunto da sua obra - 2006.
 
{{Referências}}
 
== Ver também ==
* [[Jorge Amado]]
* [[Carlos Heitor Cony]]
* [[Rachel de Queiroz]]
* [[Fernando Pessoa Ferreira]]
 
==Ligações externas==
1 806

edições