Diferenças entre edições de "Política do México"

624 bytes adicionados ,  02h33min de 16 de novembro de 2016
(Foram revertidas as edições de 177.98.223.52 devido a vandalismo (usando Huggle) (3.1.21))
=== Executivo ===
O poder executivo mexicano está centrado na figura do [[Presidente do México|Presidente da República]], eleito por [[maioria relativa]] para uma mandato de seis anos (também chamado de ''sexênio''). Como o México adota o sistema presidencialista, o Presidente agrega as funções de chefe de Estado e chefe de governo simultaneamente, sendo o cargo público de maior importância no país. Não há o cargo de vice-presidente, portanto em caso de incapacidade do Presidente, o Congresso da União através de um colégio eleitoral elege um ocupante interino para o cargo. O Presidente da República, como chefe de Estado, nomeia os dirigentes das [[Secretarias de Estado do México|Secretarias de Estado]] e os [[embaixador|embaixadores]]; já como chefe de governo, preside o Gabinete, aprova ou veta as leis propostas pelo Congresso e faz respeitar a Constituição em todo o território mexicano.
 
=== Judiciário ===
O poder judiciário mexicano é constituído pela Suprema Corte de Justiça da Nação, por sua vez, integrada por onze ministros nomeados pela Presidência da República e aprovados pelo Senado da República, aos quais cabem interpretar a legislação federal e julgar casos de instância federal. O poder judiciário, juntamente com o executivo e o legislativo, compõem [[União|a União]], sendo o judiciário encarregado de fiscalizar o cumprimento da Constituição e das leis por esta estabelecidas. Toda a atividade judiciária mexicana está disposta no Capítulo IV da Constituição do país.
 
== {{Ver também}} ==
Utilizador anónimo