Staphylococcus aureus: diferenças entre revisões

m
Foram revertidas as edições de 81.84.244.186 para a última revisão de 2001:8A0:F701:EB01:B144:8858:E347:7E6A, de 17h05min de 24...
m (Foram revertidas as edições de 81.84.244.186 para a última revisão de 2001:8A0:F701:EB01:B144:8858:E347:7E6A, de 17h05min de 24...)
# Cápsula: Dificultam a fagocitose
# Proteína A: presente na parede celular do ''S. aureus''. Ela prende [[anticorpo]]s circulantes da classe IgG, pela sua região constante [[Fc]]), neutralizando a sua função. Impedindo a adesão de imunoglobulinas, Não deixando assim à ativação do complemento.
# Toxina alfa: forma poros na membrana das células destruindo-as. É frequente atacar as células de [[músculo liso]] vasculares, mas ataca qualquer tipo de célula, como [[Hemácia|eritrócitos]].
# Toxina beta ou esfingomielase C: hidrolisa (degrada) determinados [[lípido]]s, como [[esfingomielina]] e [[lisofosfatidilcolina]], da membrana celular de células. Destrói desta forma muitos tipos de células.
# Toxinas esfoliativas: presentes nas estirpes (5-10%) que causam síndromes esfoliativas da [[pele]]. Há duas formas ETA e ETB (toxinas esfoliativas A e B). São [[protease]]s de [[serina]] que destroem os [[desmossoma]]s que unem as células da pele umas às outras, resultando em perda da camada superior da pele (esfoliação).