Diferenças entre edições de "Cephalophinae"

19 bytes adicionados ,  13h52min de 20 de novembro de 2016
sem resumo de edição
É uma subfamília primitiva adaptada à [[floresta]]s de [[planície]]s e de altitudes, exceto por várias [[espécie]]s que estenderam-se para áreas de [[savana]], e nativa da [[África Subsaariana]]. São [[antílope]]s pequenos, com as pernas dianteiras mais curtas que as traseiras dando-lhes uma conformação arqueada. Os [[chifre]]s, presentes em ambos os sexos, são pequenos e dirigidos para trás. Sua organização social é simples: sedentários, solitários e territoriais. Embora essas características sejam primitivas, elas podem representar adaptações secundárias para recolonizar [[habitat]]s de florestas densas.
 
Seus representantes estão distribuídos em três [[Género (biologia)|gênero]]s: ''Cephalophus'', ''Philantomba'' e o ''Sylvicapra'', num total de 19 [[espécie]]s. São coletivamente chamados em inglês de ''duikers''; nos países de língua portuguesa, são chamados de '''cabritos''', com alguns tendo nomes específicos, como os bâmbis ou a seixa (''Philantomba monticola''). O termo inglês '''''duiker''''' provêm da palavra [[AfricânerLíngua africâner|africâner]] para ''mergulhador'', referindo-se a prática de pular nos [[arbusto]]s.
 
Os espécimes do gênero ''Cephalophus'' são criaturas tímidas, a maioria é moradora de [[floresta]]s, e mesmo as espécies que vivem em áreas mais abertas são ariscas.
63

edições