Abrir menu principal

Alterações

14 bytes adicionados ,  21h23min de 21 de novembro de 2016
Em 1967, no [[Algarve]], integra o grupo Black Boys,<ref name="JP Infopédia"/> tocando órgão. Esta primeira experiência profissional, na companhia de músicos de [[Santarém (Portugal)|Santarém]], durou cerca de seis meses e foi interrompida por uma aparição “oportuna” do seu pai, num dos bares em que o grupo tocava, num momento em que a experiência já se estava a esgotar, culminando no regresso a Lisboa e no regresso aos estudos secundários em Lisboa.
 
De 1969 a 1971, enquanto estuda Engenharia na Faculdade de Ciências de Lisboa (numa altura em que “o geral podia-se fazer ou no Técnico ou na Faculdade de Ciências”), integra o grupo pop-rock Sindicato, como teclista e cantor.<ref name="JP Infopédia"/> Do grupo faziam parte [[Rão Kyao]], Vítor Mamede, Edmundo Falé, Júlio Gomes, João Maló, Rui Cardoso e Ricardo Levi. Para além dos covers de bandas de rock americanas e inglesas (Led Zeppelin, Stephen Stills, Chicago, Blood Sweat and Tears, entre outros), o grupo compôs originais, em língua inglesa. A entrada de uma secção de metais encaminha-os para uma estética de fusão entre o Jazz e o Rock. Em 1971, gravaram o single "Smile", que tinha no lado B "SINDIblues Swede CATO'S Shoes", uma versão do standard de rock’n’roll "Blue Suede Shoes", de Carl Perkins. No mesmo ano, deram o seu último concerto na primeira edição do [[Festival Vilar de Mouros]].<ref name="JP Infopédia"/>
 
=== 1972-1974 ===
Utilizador anónimo