Diferenças entre edições de "Línguas urálicas"

38 bytes adicionados ,  21h47min de 26 de novembro de 2016
m
Estava escrito 'homeland', ao invés de 'terra natal'
m (Estava escrito 'homeland', ao invés de 'terra natal')
}}'''Línguas urálicas''' constituem uma família de [[Língua natural|língua]]s com aproximadamente 30 diferentes idiomas falados por cerca de 20 milhões de pessoas. Compreende o ramo das [[línguas úgricas]], [[Línguas fino-permianas|fino-permianas]] e o grupo dos [[línguas samoiedas|idiomas samoiedos]]. As três línguas com maior número de falantes do grupo são: [[Língua estoniana|estoniano]], [[Língua finlandesa|finlandês]] e [[Língua húngara|húngaro]], contando ainda com os [[línguas sami|lapões]] (sami) e os [[línguas samoiedas|samoiedos]].
 
O nome "Urálico" se refere à provável terra natal dos falantes dessas línguas, nos [[Montes Urais]]. Acredita-se que os falantes do Proto-Urálico pertenciam a uma vasta nação estabelecida na [[Rússia]] Central por volta de [[século VIII a.C.|7000 anos]] atrás, o que se trata de um anacronismo vulgar pós-medieval, já que os norte/leste-[[Sibéria|siberianos]] só saíram dode sua seuterra homelandnatal rumo a oeste e sudoeste milênios depois, sendo estas zonas originalmente a parte norte da Cítia de fala indo-europeia e demografia europídea.<ref>PINKER, Steven, 1994, "The Language Instinct", p. 274, Cap. 8 "The Tower of Babel", Penguin Books EUA.</ref>
 
Características típicas das línguas urálicas incluem: