Abrir menu principal

Alterações

2 bytes adicionados ,  20h13min de 27 de novembro de 2016
 
== Modelo cosmológico padrão ==
Atualmente, acredita-se que o universo possua uma idade de aproximadamente 1413,7 bilhões de anos, que esteja em expansão acelerada e que seja aproximadamente [[homogêneo]] (nenhuma posição no espaço é diferente das demais) e [[isotropia|isotrópico]] (suas características são as mesmas em qualquer direção) em grandes escalas. Isso significa que, embora existam grandes aglomerações de matéria em [[estrelas]], [[galáxias]] e [[aglomerado de galáxias|grupos de galáxias]] (objetos pequenos quando comparados com o tamanho do universo), se calcularmos a [[densidade]] média em volumes bem maiores que os ocupados por um desses objetos, ela não deve variar muito de uma região do espaço à outra. Acredita-se que, no passado, o universo tenha sido ainda mais homogêneo que hoje, e que as grandes inomogeneidades observadas hoje (galáxias, por exemplo) surgiram de pequenas diferenças que cresceram, ao longo do tempo, por [[colapso gravitacional]].
 
Também se acredita, baseado principalmente nas observações da radiação cósmica de fundo em micro-ondas feitas pelo satélite WMAP, que o universo possua uma [[geometria plana]], em contraposição à geometria em espaços curvos proposta por [[Bernhard Riemann]], com base na [[geometria diferencial]]. De maneira simples, isso significa que dois raios de luz paralelos devem continuar para sempre paralelos. Em espaços curvos do tipo fechado, por exemplo, esses raios irão convergir, enquanto que em espaços curvos abertos, eles irão divergir.
Utilizador anónimo