Diferenças entre edições de "Posse do presidente dos Estados Unidos"

3 943 bytes adicionados ,  04h00min de 29 de novembro de 2016
Etiqueta: Possível mudança indevida de nacionalidade
 
{{Quote2|Eu (''[[nome|nome completo]]'') solenemente juro que vou executar fielmente o cargo de Presidente dos Estados Unidos, e com o melhor de minha capacidade, preservarei, protegerei e defenderei a Constituição dos Estados Unidos.}}
 
De acordo com o biógrafo e historiador [[Washington Irving]], George Washington acrescentou as palavras "e que Deus me ajude" ao prestar seu juramento em [[1789]].<ref>{{Citar web|url=http://2002-2009-fpc.state.gov/40871.htm|título=Presidential Inaugurations Past and Present: A Look at the History Behind the Pomp and Circumstance|publicado=[[Departamento de Estado dos Estados Unidos|Foreign Press Center]]}}</ref> O fato é confirmado por Donald Kennon, historiador-chefe da Sociedade Histórica do Capitólio. Contudo, a única fonte contemporâneo sobre o juramento de Washington carece do código religioso.<ref>''Documentary History of the First Federal Congress, Vol. 15'', p. 404–405</ref> O primeiro jornal a reportar as palavras ditas num juramento de posse presidencial, o de [[Chester Arthur]] em [[1881]], repete o método "pergunta-resposta" onde as palavras "que Deus me ajude" são de escolha pessoal do presidente-eleito e não integram o texto constitucional.<ref>{{Citar web|url=http://query.nytimes.com/mem/archive-free/pdf?res=980DE1D9103CEE3ABC4B51DFBF66838A699FDE|título=The New Administration: President Arthur Formally Inaugurated|publicado=''[[The New York Times]]''|data=22 de setembro de 1881}}</ref> Contudo, a data em que foi aceito o modelo atual é desconhecida.
 
A Constituição não prevê que nenhum livro ou texto específico seja utilizado durante o juramento. Como o uso de Bíblias tornou-se comum em estâncias públicas do governo estadunidense no [[século XIX]], o hábito acabou tornando-se uma tradição da posse presidencial. Vários presidentes fizeram uso da "Bíblia de Washington", uma [[Bíblia do Rei Jaime]] atualmente em propriedade da Grande Loja de Nova Iorque, que foi utilizada primeiramente pelo respectivo presidente. Em outras ocasiões, o presidente-eleito optou somente pela leitura de uma passagem bíblica específica. Em contrapartida, [[John Quincy Adams]] prestou seu juramento sobre um livro de leis.<ref>{{Citar web|url=http://www.slate.com/articles/news_and_politics/explainer/2009/01/why_doesnt_every_president_use_the_lincoln_bible.html|título=Why Doesn't Every President Use the Lincoln Bible?|autor=Malone, Noreen|publicado=Slate|data=19 de janeiro de 2009}}</ref> Em [[1963]], [[Lyndon B. Johnson]] utilizou um [[Missal Romano]] pertencente à [[John Kennedy]] durante seu juramento a bordo do [[Força Aérea Um]].<ref>{{Citar web|url=http://jfk.hood.edu/Collection/Weisberg%20Subject%20Index%20Files/M%20Disk/Manchester%20William%20Unclassified%20Part%203/Item%2024.pdf|título=Catholic Church Missal, Not Bible, Used by Johnson for Oath at Dallas|autor=Glass, Andrew J.|publicado=''The Washington Post''|data=26 de fevereiro de 1967}}</ref><ref>{{Citar web|url=http://www.independent.co.uk/news/world/americas/the-lbj-missal-why-a-prayer-book-given-to-john-f-kennedy-was-used-to-swear-in-the-36th-us-president-8940643.html|título=The LBJ missal: Why a prayer book given to John F Kennedy was used to swear in the 36th US President|autor=Usborne, Simon|publicado=''The Independent''|data=16 de novembro de 2013}}</ref> O 14º presidente, [[Franklin Pierce]], apesar de [[Igreja Episcopal dos Estados Unidos|episcopal]], não jurou sobre nenhum documento. [[Barack Obama]] fez uso da famosa "Bíblia de Lincoln" em suas duas posses presidenciais (2009 e 2013).<ref>{{Citar web|url=http://www.pic2009.org/blog/entry/president-elect_barack_obama_to_be_sworn_in_using_lincolns_bible/|título=President-elect Barack Obama to be Sworn in Using Lincoln's Bible|publicado=Comitê de Inauguração Presidencial}}</ref> Em [[2013]], Obama também utilizou uma Bíblia que pertenceu à [[Martin Luther King, Jr.]]<ref>{{Citar web|url=http://abcnews.go.com/blogs/politics/2013/01/obama-picks-lincoln-mlk-bibles-for-inauguration/|título=Obama Picks Lincoln, MLK Bibles for Inauguration|autor=Parnass, Sarah|publicado=''ABC News''|data=10 de janeiro de 2013}}</ref>
 
 
{{Referências}}
Utilizador anónimo