Diferenças entre edições de "O Corcunda de Notre Dame (1996)"

1 391 bytes adicionados ,  00h09min de 18 de dezembro de 2016
Alguns do atores que dão a voz ao filme já tinham estado presentes em projetos passados de Trousdale e Wise. Por exemplo, [[Tony Jay]] e [[David Ogden Stiers]], as vozes do Juiz Claude Frollo e do Arcebispo, respectivamente, já tinham trabalhado em ''A Bela e a Fera''. [[Demi Moore]] foi escolhida para o papel de Esmeralda devido à sua voz, que fugia à regra das vozes dos papéis femininos principais dos filmes da Disney.
 
Apesar das modificações efetuadas em relação ao romance original, para tentar tornar o filme mais acessível às crianças, o filme contém diversos assuntos considerado maduros como o conceito de [[Inferno]], [[infanticídio]], [[discriminação]], [[luxúria]] e [[religião]]. Asmúsicas também contêm conteúdo lírico relativamente maduro, como as palavras que introduzem o conceito de indulgência sexual, bem como a menção frequente da palavra inferno.
 
=== Desenvolvimento ===
A proposta de adaptar ''[[Notre-Dame de Paris (livro)|Notre-Dame de Paris]]'' para o cinema veio do executivo [[David Stainton]] em [[1993]], que se inspirou em adaptar o romance original de [[Victor Hugo]] em um desenho animado após ler a versão da ''[[Classics Illustrated]]''. Stainton propôs então a [[Jeffrey Katzenberg]], diretor do estúdio, seguir com a ideia. Após a bem-sucedida direção de ''[[Beauty and the Beast (1991)|Beauty and the Beast]]'', Gary Trousdale resolveu afastar-se temporariamente do cargo de diretor, apesar de investir meses no desenvolvimento do roteiro de ''[[The Lion King]]'', após o qual juntou-se a Kirk Wise no desenvolvimento de um filme animado baseado no mito grego de [[Orfeu]] e provisoriamente intitulado ''A Song of the Sea''. O filme se passaria no fundo oceano e em torno das aventuras de uma [[baleia-jubarte]]. Ambos, no entanto, não conseguiram alinhar o enredo com as propostas originais de cada um, e foram sumariamente contactados por Katzenberg. "Durante este período", explicou Trousdale, "enquanto trabalhávamos nisto, recebemos uma ligação de Jeffrey. Ele disse: rapazes, esqueçam tudo - estão trabalhando no 'Corcunda' agora." De acordo com Wise, ambos acreditaram que a proposta tinha "um grande potencial...personagens memoráveis, um enredo incrível, visuais fantásticos e muita emoção."
 
== Música ==
Utilizador anónimo