Rheinfelden (Suíça): diferenças entre revisões

2 bytes adicionados ,  19 de dezembro de 2016
sem resumo de edição
(Acerto de texto e referenciação)
 
'''Rheinfelden''' ([[alemão suíço]]: ''Rhyfälde'', [[IPA]] ˈɾiːˌfældə) é uma pequena cidade na [[Suíça]] e principal aglomeração do [[distrito]] homónimo no [[cantão]] de [[Argóvia]]. Importante centro regional da regiao de Fricktal, situa-se no Alto [[Reno]], junto à fronteira com a [[Alemanha]] e ao limite leste da [[região metropolitana]] da cidade de [[Basileia]].<ref name="Rheinf" >{{citar web|URL=http://www.rheinfelden.ch/de/|título=Willkommen in Rheinfelden|autor=Adm. portal|data=2015|publicado=Página da prefeitura|acessodata=25 de agosto de 2016}}</ref>
 
Com mais de treze mil habitantes, Rheinfelden é a sexta maior cidade de Argóvia e está económica e socialmente próxima à cidade alemã de [[Rheinfelden (Baden)]], situada do outro lado da fronteira.{{Nota de rodapé|A Rheinfelden alemã surgiu no fim do [[século 19XIX]] e desde 1922 carrega o mesmo nome.}}
 
==História==
No [[século 10X]], o Burgo Stein foi construído, tendo sido a morada dos condes de Rheinfelden. Já à margem sul do Reno, desenvolveu-se no decorrer do [[século 12XII]], durante a administração dos Zähringer, uma cidade fortificada. O [[burgo]] foi por séculos sede da [[Habsburgo|Casa dos Habsburgo]]s, período em que — entre 1218 e 1330, bem como a partir de 1415 — foi independente, até que finalmente em 1439 caiu de vez no domínio dessa casa imperial.
 
Rheinfelden foi diretamente afetada pelos desdobramentos da [[Guerra dos Trinta Anos]] e após a Batalha de Rheinfelden, de 1638 a 1650, foi ocupada por tropas [[Suécia|suecas]] e [[Franca|francesas]]. Em 1797 foi tomada de novo pelos franceses, até que em 1802 tornou-se definitivamente suíça, transformando-se desde 1803 em sede de uma dos distritos do cantão de Argóvia.
Economicamente, destacam-se a produção de [[cerveja]] (a cervejaria Feldschlösschen é a maior do país) e a exploração dos extensos depósitos de [[sal]] por meio da Salina Riburg.<ref name="Rheinf" />
 
A salinidade de seu subsolo possibilitou ainda, a partir do metade do [[século 19XIX]], que o município se desenvolvesse como importante estância de [[hidroterapia]], tendo se adaptado às demandas do turismo moderno e hoje focando sobretudo na terapia e na reabilitação.<ref name="Rheinf" />
 
{{Notas}}