Diferenças entre edições de "Itaperuna Esporte Clube"

44 bytes adicionados ,  15h34min de 30 de dezembro de 2016
sem resumo de edição
Em 1989, a cidade de Itaperuna comemorou seu centenário de fundação. Em 21 de julho daquele ano, após a participação do Porto Alegre no Campeonato Estadual, ficou definida a fusão deste clube com o Unidos e o Comércio e Indústria - amadores, mas velhos rivais do campeonato local, para a criação do Itaperuna Esporte Clube, que herdaria a vaga do Porto Alegre no Campeonato Estadual a partir de 1990.
 
Na primeira participação do novo clube, em 1990, o Itaperuna repetiu a boa campanha do ano anterior ao final da disputa da Taça Guanabara, e ficou em quinto lugar, à frente de [[America Football Club|America]], [[Americano Futebol Clube|Americano]], [[Bangu Atlético Clube|Bangu]], [[Campo Grande Atlético Clube|Campo Grande]], [[Associação Atlética Cabofriense|Cabofriense]], [[América Futebol Clube (Três Rios)|América de Três RioRios]] e [[Esporte Clube Nova Cidade|Nova Cidade]]. Ao término no segundo turno, a Taça Rio, o time ficou na lanterna. No cômputo total ficou em nono lugar, à frente de [[Campo Grande Atlético Clube|Campo Grande]], [[Associação Atlética Cabofriense|Cabofriense]] e [[Esporte Clube Nova Cidade|Nova Cidade]]<ref>[http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1990.htm Campeonato Estadual de 1990]</ref>.
 
Em 1991, ficou na nona posição ao término da Taça Guanabara, à frente de [[América Futebol Clube (Três Rios)|América de Três Rios]], [[Associação Atlética Portuguesa (Rio de Janeiro)|Portuguesa]] e [[Volta Redonda Futebol Clube|Volta Redonda]]. Ao término da Taça Rio, o time repetiu a nona posição à frente do [[Bangu Atlético Clube|Bangu]] e dos rebaixados [[São Cristóvão de Futebol e Regatas|São Cristóvão]] e [[Goytacaz Futebol Clube|Goytacaz]]<ref>[http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1991.htm Campeonato Estadual de 1991]</ref>.
 
Em 1992, ficou em último lugar na Taça Guanabara e ainda perdeu 5 pontos por ter utilizado de forma irregular o lateral Júnior na derrota de 3 a 0 para o Vasco. Na Taça Rio ficou na décima-segunda12ª posição, à frente apenas de [[Goytacaz Futebol Clube|Goytacaz]] e [[Madureira Esporte Clube|Madureira]] e atrás do [[Campo Grande Atlético Clube|Campo Grande]]. Todos sofreram o descenso<ref>[http://www.rsssfbrasil.com/tablesrz/rj1992.htm Campeonato Estadual de 1992]</ref>.
[[Image:Itaperuna old.jpg|thumb|right|300px|Itaperuna]]
Em 1993, disputou o primeiro turno do Grupo "B" da Primeira Divisão, conseguindo o acesso à elite do futebol fluminense na Taça Rio juntamente com o [[Bonsucesso Futebol Clube|Bonsucesso]], realizando campanha excepcional: venceu todas as 11 partidas que disputou, sofrendo apenas um gol, na partida de estreia contra o Friburguense. Na ocasião, o goleiro Pacato chegou a permanecer 1.133 minutos sem sofrer gols<ref name="recorde">{{citar jornal
== Participações em competições nacionais ==
 
Em 1988, um ano após estrear na elite estadual, o Porto Alegre classificou-se para disputar a chamada Divisão de Acesso (Terceira Divisão) do Campeonato Brasileiro. Na primeira fase, terminou na primeira colocação do Grupo B, à frente de [[Associação Desportiva Ferroviária Vale do Rio Doce|Desportiva]], [[Associação Atlética Cabofriense|Cabofriense]] e [[Tupi Football Club|Tupi]]. Na segunda, voltou a enfrentar a Desportiva em seu grupo, além do [[Volta Redonda Futebol Clube|Volta Redonda]] e do [[Clube Esportivo de Futebol|Esportivo-MG]], mas desta vez terminou na terceira colocação e foi eliminado<ref>http://www.rsssfbrasil.com/tablesae/br1988l3.htm</ref>.
 
Após a fusão, em julho de 1989, a primeira competição disputada pelo Itaperuna foi o Campeonato Brasileiro da Série B no segundo semestre daquele ano, no qual fez a melhor campanha sua história. Na primeira fase, no Grupo "H", se classificou em primeiro lugar, ficando o [[Americano Futebol Clube|Americano]] em segundo. Os dois primeiros se habilitaram às oitavas de final. Foram eliminados [[Associação Atlética Cabofriense|Cabofriense]], [[Rio Branco Futebol Clube (Espírito Santo)|Rio Branco (ES)]], [[Associação Desportiva Ferroviária Vale do Rio Doce|Desportiva]] e [[Associação Atlética Colatina|Colatina]]. O Itaperuna veio a eliminar o [[Treze Futebol Clube|Treze]] nas oitavas. Porém, nas quartas de final, foi superado pelo [[Clube do Remo|Remo]], ficando na sétima colocação geral, a melhor de um clube fluminense naquele ano. Subiram [[Clube Atlético Bragantino|Bragantino]] e [[São José Esporte Clube|São José (SP)]]<ref>[http://www.bolanaarea.com/serie_b_1989_fase1-a.htm Campeonato Brasileiro da Série B de 1989]</ref>.
Utilizador anónimo