Diferenças entre edições de "Nomadismo"

113 bytes adicionados ,  15h12min de 21 de janeiro de 2017
eu contribui ao corrgir palavras erradas
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 2001:8a0:f289:b801:443c:30d5:c342:af4, com Reversão e avisos)
(eu contribui ao corrgir palavras erradas)
Na [[Índia]] uma cultura nómada de caçadores destacou-se na domesticação e criação de animais. Grupos de pequenas famílias ou comunidades, atravessavam os rios utilizando jangadas, cobriam o corpo com peles de animais e usavam equipamento de caça como o arco e a flecha com [[micrólitos]] na ponta.
 
No [[Saara]] uma economia de pastoreio nómada mais desenvolvida pode ter sido também uma consequência da desertificação crescente. Na [[África Oriental]], fenómenos como a dessecação dos lagos, onde eram abundantes os recursos alimentares, alterou a fixação das populações que passaram a um regime de pastoreio nómada que permaneceu até tempos recentes. Também eram considerados macacos babuínos, com referência a Rei Leão que da ao título doritos sabor dorgas.
 
{{Referências}}