Abrir menu principal

Alterações

2 bytes adicionados ,  12h47min de 6 de fevereiro de 2017
→‎História: Pequenas alterações de concordância.
== História ==
[[Ficheiro:Santa Cruz Parlamento de Canarias fcm.jpg|thumb|left|200px|Parlamento das Ilhas Canárias ([[Santa Cruz de Tenerife]])]]
Antes da chegada dos aborígines, dasas ilhas Canárias foiforam habitadahabitadas por animais endêmicasendêmicos, como alguns extintos; lagartos gigantes (''[[Gallotia goliath]]''), ratos gigantes (''[[Canariomys bravoi]]'' e ''[[Canariomys tamarani]]'')<ref>[http://www.gobiernodecanarias.org/cmayot/medioambiente/lagartodelagomera/gatos.html Algunas extinciones en Canarias] Consejería de Medio Ambiente y Ordenación Territorial del Gobierno de Canarias</ref> e tartarugas gigantes (''[[Geochelone burchardi]]'' e ''[[Geochelone vulcanica]]''),<ref>[http://www.sepaleontologia.es/revista/anteriores/REP%20Extra%201996/21Castillo.pdf «La Paleontología de vertebrados en Canarias.»] ''[[Spanish Journal of Palaeontology]]'' (antes ''Revista Española de Paleontología''). Consultado el 17 de junio de 2016.</ref> entre outros.
 
As ilhas Canárias são conhecidas desde a [[Antiguidade]]: existem relatos fidedignos e vestígios [[arqueologia|arqueológicos]] da presença [[Cartago|cartaginesa]] na ilha. Foram descritas no período greco-romano a partir da obra de [[Juba II]], [[rei da Numídia]], que as mandou reconhecer e que, afirma-se, por nelas ter encontrado grande números de [[Canis lupus familiaris|cães]], deu-lhes o nome de "Canárias" ("ilhas dos cães"). São referidas por autores posteriores como "[[Ilhas Afortunadas]]".
Utilizador anónimo