Abrir menu principal

Alterações

1 byte adicionado ,  08h55min de 15 de fevereiro de 2017
m
As ''Teses'' foram escritas como proposições a serem discutidas em uma [[disputa (escolástica)|disputa]] acadêmica formal, embora não hajam evidências de que tal evento tenha ocorrido.{{sfn|Brecht|1985|pp=199–200}} No cabeçalho das ''Teses'', Lutero convidou estudiosos interessados ​​de outras cidades para participarem.{{sfn|Leppin|Wengert|2015|p=388}} A realização de tal debate era um privilégio que Lutero tinha como doutor e não era uma forma incomum de investigação acadêmica.{{sfn|Brecht|1985|pp=199–200}} Lutero preparou vinte conjuntos de teses para disputa em Wittenberg entre 1516 e 1521.{{sfn|Hendrix|2015|p=61}} [[Andreas Karlstadt]] havia escrito um conjunto dessas teses em abril de 1517, e estas eram mais radicais em termos teológicos do que as de Lutero. Ele as postou na porta da Igreja do Castelo, como Lutero teria feito com as ''Noventa e Cinco Teses''. Karlstadt postou suas teses num momento em que as relíquias da igreja foram colocadas em exibição, e isso pode ter sido considerado um gesto provocativo. Da mesma forma, Lutero publicou as ''Noventa e Cinco Teses'' no [[Dia de Todos-os-Santos]], o dia mais importante do ano para a exibição de relíquias na Igreja do Castelo.{{sfn|McGrath|2011|pp=23–24}}
 
As teses de Lutero tinham como objetivo iniciar um debate entre acadêmicos, e não uma revolução popular, mas há indícios de que ele viu sua ação como profética e relevante.{{sfn|Hendrix|2015|p=61}} Nesta época, ele começou a usar o nome "Lutero" e às vezes "Eleutherius", tradução [[língua grega|grega]] para "livre", em vez de "Luder". Isso parece referir-se ao fato de ele estar livre da teologia escolástica, a qual ele havia discutido contra naquele ano.{{sfn|Lohse|1999|p=101}} Mais tarde, Lutero afirmou não ter desejado que as Teses fossem amplamente distribuídas. [[Elizabeth Eisenstein]] argumentou que sua alegada surpresa em seu sucesso pode ter envolvido um engano consigo mesmo, e Hans Hillerbrand afirmou que Lutero certamente estava pretendendo instigar uma grande controvérsia.{{sfn|Cummings|2002|p=32}} Às vezes, Lutero parece usar a natureza acadêmica das ''Teses'' como um disfarce para permitir que ele possa atacar a crenças estabelecidas, sendo capaz de negar que ele pretendia atacar o ensino da igreja. Uma vez que escrever um conjunto de teses para uma disputa não compromete necessariamente o autor à essas opiniões, Lutero poderia negar que ele tinha as ideias mais polêmicas discorridas nas ''Teses''.{{sfn|Cummings|2002|p=35}}
 
== Distribuição e publicação ==
12 655

edições