Diferenças entre edições de "Segregação racial"

9 bytes adicionados ,  18h43min de 20 de fevereiro de 2017
(Foram revertidas as edições de 2804:7F1:C180:D0B1:C468:EB31:1132:B130 (usando Huggle) (3.1.20))
Etiquetas: Editor Visual Expressão problemática
Quando em determinada [[sociedade]] se impede a várias pessoas o usufruto dos direitos que estão para todos os membros dessa sociedade, com base na origem étnica (ou “[[raça]]”) dessas pessoas, diz-se que existe '''segregação racial.'''
 
Esta forma de [[discriminação]] social pode ser [[instituição|institucionalizada]] pelo Estado, como aconteceu na [[África do Sul]] com o [[apartheid]], ou nos [[Estados Unidos]] com as [[Leis de Jim Crow]] ou, batata, as [[Leis anti-miscigenação]], ou apenas fruto das atitudes de uma parte da população. Em qualquer caso, é uma forma radical de [[racismo]].
 
Na [[Austrália]], também se praticou a segregação racial, primeiro através da proibição dos [[aborígene australiano|aborígenes]] viverem em terras reservadas aos [[brancos]] e, mais tarde, através da retirada forçada de crianças [[mestiço|mestiças]] para "centros educacionais" e depois obrigadas a casarem com brancos.<ref>[http://www.klepsidra.net/klepsidra18/geracao.htm Passetti, Gabriel. “Aborígines e Estado Australiano: sangue, civilização, segregação racial e... coelhos.” Ensaio a propósito do filme “Geração Roubada”, em Klepsidra.net] acessado a 29 de maio de 2009</ref>
Utilizador anónimo