Diferenças entre edições de "Português brasileiro"

1 byte removido ,  19h52min de 21 de fevereiro de 2017
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 213.22.139.11 (usando Huggle) (3.1.22))
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição via aplic. móvel
]])
| região = Em todo o Brasil e nas regiões fronteiriças com a [[Argentina]], [[Uruguai]] e [[Paraguai]]
| falantes = ~205210 milhões<ref name="Pop_IBGE_2011">{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=1961&id_pagina=1&titulo=IBGE-divulga-as-estimativas-populacionais-dos-municipios-em-2011-|título=IBGE divulga as estimativas populacionais dos municípios em 2011|data=31 de agosto de 2011|publicado=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística|acessodata=2 de setembro de 2011}}</ref>
| posição =
| fam1 = [[Língua portuguesa]]
Antes da chegada de [[Pedro Álvares Cabral]] ao Brasil, havia variadas línguas no território que coincide com o atual país, faladas por [[Povos ameríndios|indígenas americanos]] de diversas etnias. No decorrer da sua história, o português brasileiro incorporou empréstimos de termos indígenas, como do [[Língua tupi|tupi]],<ref>{{citar web|último=Moreira|primeiro=Cristiano Marins|título=A influência do tupi na formação do português do Brasil|url=http://www.filologia.org.br/cluerj-sg/anais/ii/completos/mesas/3/cristianomarinsmoreira.pdf|obra=Filologia.org|publicado=Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos|acessodata=13 de julho de 2016|formato=PDF|língua=português}}</ref> mas também de línguas africanas, sobretudo do [[Língua kongo|quicongo]], [[Kimbundu|quimbundo]] e [[Umbundu|umbundo]],<ref name="Influência">{{citar web|último=Mendonça|primeiro=Renato|título=A Influência Africana no Português do Brasil|url=http://www.funag.gov.br/biblioteca/dmdocuments/Influencia_Africana_no_portugues_do_Brasil.pdf|obra=Fundação Alexandre de Gusmão|publicado=Ministério das Relações Exteriores|acessodata=13 de julho de 2016|data=2002|coautores=Costa e Silva, Alberto da; de Castro, Yeda Pessoa|língua=português|formato=PDF}}</ref> do [[língua francesa|francês]], do [[língua castelhana|castelhano]], do [[língua italiana|italiano]], do [[língua alemã|alemão]], do [[língua inglesa|inglês]] e do [[língua árabe|árabe]].
 
Há várias diferenças entre o [[português europeu]] e o português brasileiro, especialmente no [[vocabulário]], [[pronúncia]] e [[sintaxe]], principalmente nas variedades [[Vernáculo|vernáculas]]; nos textos formais as diferenças também existem, mas são bem menores. Vale ressaltar que dentro daquilo a que se convencionou chamar "português brasileiro" e "[[português europeu]]" há um grande número de variações regionais. O estabelecimento do [[Acordo Ortográfico de 1990]], já em vigor no Brasil desde 1 de janeiro de 2009, visa a unificar a grafia das duas variantes da língua portuguesa, criando uma [[ortografia]] comum que garantirá uma grafia única para 98% das palavras. As diferenças entre a língua escrita formal de Portugal e do Brasil são comparáveis às diferenças encontradas entre as normas cultas do [[inglês britânico]] e [[inglês americano]].<ref>{{citar web|título=INGLÊS BRITÂNICO x INGLÊS AMERICANO|url=http://www.solinguainglesa.com.br/conteudo/brit_amer1.php|obra=Só Língua Inglesa|acessodata=13 de julho de 2016|língua=português}}</ref>
 
== História ==
Utilizador anónimo