Diferenças entre edições de "Rodovia dos Tamoios"

1 byte removido ,  12h08min de 1 de março de 2017
Adicionado link.
(Adicionado link.)
| mapa = Mapa-rodovia-tamoios.jpg
| inauguração = 1957
| concessão = [[EcopistasConcessionária Tamoios]]
[[Concessionária Tamoios]]
| direção_a = norte
| limite_a = Av. Mal. do Ar Casimiro Montenegro Filho ''(traçado antigo)''<br/>Av. Mario Covas ''(traçado novo'')<br/>[[São José dos Campos]], [[São Paulo|SP]]
| trecho_seguinte_direção = sul
| trecho_seguinte = Fim da rodovia
|tipo = Pista dupla}}
'''Rodovia dos Tamoios''' ([[SP-99]]) é uma rodovia do estado de [[São Paulo]], [[Brasil]]. Faz a ligação entre [[São José dos Campos]], no planalto, e [[Caraguatatuba]], na planície. É a principal ligação entre o planalto e o [[Microrregião de Caraguatatuba|litoral norte]] do estado de [[São Paulo]]. Em 2015 passou a ser administrada pela [[Concessionária Tamoios]], do grupo [[Queiroz Galvão]].
 
== Histórico ==
Em [[1970]], o [[DER]] executou significativos melhoramentos de traçado (planta e perfil) entre [[São José dos Campos]] e [[Paraibuna]]. Com a inundação provocada pelo enchimento da Barragem Paraibuna - Paraitinga, e consequente prejuízo ao trecho de Paraibuna até o alto da serra, a reconstrução da rodovia ficou a cargo da [[CESP]] (Companhia Energética de São Paulo), sob coordenação do DER.
 
A denominação Rodovia dos Tamoios foi realizada através da Lei nº 1796, de [[18 de outubro]] de [[1978]], e constitui referência histórica ao nome de uma tribo indígena que habitava o [[Litoral de São Paulo|litoral norte paulista]] e o litoral sul fluminense.
 
== Características ==
 
== Concessão ==
No dia 3 de outubro de 2014, o Consórcio Litoral Norte, liderado pela empresa [[Queiroz Galvão]] venceu o leilão de concessão da rodovia dos Tamoios e será responsável por administrar a rodovia nos próximos 30 anos. A concessionária Tamoios assumiu a rodovia em 18 de abril de 2015, sendo inicialmente responsável por 85,15 km que incluem os trechos de serra e planalto. Nos próximos anos, a concessionária assumirá também os contornos de Caraguatatuba e São Sebastião, totalizando 119,05 km sob sua responsabilidade. A principal obra a ser realizada pela concessionária será a duplicação do trecho de serra, cujas obras devem ter início no segundo semestre de 2015, com previsão de término em abril de 2020. [http://www.parana-online.com.br/editoria/pais/news/872555/?noticia=ALCKMIN+AUTORIZA+TRANSFERENCIA+DE+OPERACAO+DA+RODOVIA+DOS+TAMOIOS] O início da cobrança de pedágio será em 2016, podendo a concessionária iniciar a cobrança apenas após a conclusão de 6% das obras da nova pista descendente. [http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2014/12/cobranca-de-pedagio-na-rodovia-dos-tamoios-comeca-em-2016.html]
 
== Imagens ==
Utilizador anónimo