Diferenças entre edições de "Naturalismo (arte)"

906 bytes adicionados ,  11h28min de 2 de março de 2017
(Desfeita a edição 46503956 de 177.157.85.133)
Iniciou-se durante as duas primeiras décadas do século XVII graças a pintores italianos como: Orazio Gentileschi, sua filha Artemisia, Bartolomeo Manfredi e Battistello, e mais tarde graças aos estrangeiros que foram trabalhar na Itália, como o francês Valentin de Boulogne, o holandês Gerrit van Honthorst e o espanhol José de Ribera, chamado o Espanholeto.
'''Naturalismo''' em arte se refere para a descrição de objetos realísticos ambientes naturais. O movimento do [[Pintura do realismo|Realismo]] do [[século XIX]] defendeu naturalismo em reação para as estilizadas e idealizadas representações de assuntos em [[Romantismo]], mas muitos pintores adotaram uma aproximação semelhante durante os séculos. Exemplo de Naturalismo é a obra de arte do artista americano [[William Bliss Baker]], cujas [[pintura]]s da [[paisagem]] são consideradas algumas dos melhores exemplos do movimento do naturalismo. Uma parte importante do movimento do naturalismo foi a perspectiva de vida de [[Darwin]] e sua visão da futilidade do homem contra as forças da natureza.
 
O Naturalismo difere do Realismo, mas não é independente dele. Ambos crêem que a arte é a representação mimética e objectiva da realidade exterior. Foi a partir desta tendência geral para o Realismo mimético que o Naturalismo surgiu, sendo por isso muitas vezes encarado como uma intensificação do Realismo. As características principais são: tentativa de aplicar à literatura as descobertas e métodos da ciência do séc.XIX (filosofia, sociologia, fisiologia, psicopatologia, etc), tentando explicar as emoções através da sua manifestação física (apresenta, assim, mais razões científicas do que o simples descrever dos factos do Realismo); resultou muitas vezes na escolha de assuntos mais chocantes (alcoolismo, jogo, adultério, opressão social, doenças, as suas causas e consequências), vocabulário mais terra-a-terra, motes mais cativantes ou detalhes mais fotográficos.
O Naturalismo começou no início da era da [[Renascimento|Renascença]], e se desenvolveu mais durante a [[Renascença]], como por exemplo a [[Escola Florentina]].
 
O Naturalismo acabou por se tornar uma doutrina (instituiu que o indivíduo era primária e fundamentalmente modelado pela hereditariedade, meio e educação - pela "natureza"), com uma certa visão muito específica (Eça de Queirós chamou-lhe a "forma científica que a arte assume") do Homem e do seu comportamento, tornando-se mais concreto mas também mais limitado que o Realismo, embora que, como os olhos do observador/escritor não são lentes inanimadas, a reprodução da realidade em cada uma das obras Naturalistas, pode reconhecer-se como sendo individual, e os Naturalistas acabam por afastar-se da própria teoria.
Naturalismo é um tipo de arte que presta atenção em qualquer detalhe preciso e retrata objetos e coisas como são.
 
==Veja também==
Utilizador anónimo