Abrir menu principal

Alterações

120 bytes adicionados ,  18h17min de 3 de março de 2017
A tradução correta de "vie", no caso, é "vida".
| legenda = Torre Eiffel, com o pavilhão alemão à esquerda e o soviético à direita
| ano = 1937
| nome = Exposição Internacional de Artes e Técnicas Aplicadas à ViaVida Moderna
| lema =
| construção = [[Palais de Chaillot]]
| area = 101 [[acresacre]]s
| invenção =
| visitantes = 31, 040, 955
| organizadores = Joseph Van Neck
| cnt = 44
| país_real = {{FRA}}
| cidade = [[Paris]]
| local = [[Palais de Chaillot|Trocadéro]], no [[Campo de Marte (Paris)|Campo de Marte]], nas Margens do [[Rio Sena]]
| coord = {{coord|48|51|44|N|02|17|17.7|E|type:city_scale:25000_region:FR}}
| cand =
| encerramento = [[25 de novembro]] de [[1937]]
| expoant = [[Exposição Universal de 1935]]
| cidadeant = [[Bruxelas]], na {{BEL}}
| expopro = [[Feira Mundial de Nova Iorque de 1939-40]]
| cidadepro = [[Nova Iorque]], nos {{EUA}}
| suplant = [[Exposição Internacional de 1936|ILIS 1936]]
| suplcidadeant = [[Estocolmo]], na {{SWE}}
| suplpro = [[Exposição Internacional de 1938|Segunda Exibição Aeronáutica Internacional]]
| suplcidadepro = [[Helsinki]], na {{FIN}}
| unhoant =
| unhocidadeant =
}}
 
A '''Exposição Internacional de Artes e Técnicas Aplicadas à ViaVida Moderna''' (''Exposition Internationale des Arts et Techniques dans la Vie Moderne'') aconteceu de 25 de maio a 25 de novembro de [[1937]], em [[Paris]], na [[França]]. Tanto o ''[[Musée de l'Homme]]'' quanto o ''[[Palais de Tokyo]]'', que abriga atualmente o Museu de Arte Moderna da Cidade de Paris, foram criados para esta exibição.
 
==Exibições==
[[file:L'exposition internationale des arts et des techniques dans la vie moderne 1937 - Robert Delaunay - Rythmes sans fin 2.jpg|thumb|550px|left|Mapa da exposição]]
 
O pavilhão canadense incluiu uma estátua de 28 [[Pé (unidade)|pés]] de altura de um [[búfalo]], feita por [[Joseph-Émile Brunet]]. Pinturas de Brunet, painéis na porção externa da estrutura e um show dentro do pavilhão mostraram aspectos da cultura canadense.
 
O pavilhãoPavilhão espanholEspanhol atraiu a atenção pois a exposição aconteceu ao mesmo tempo que a [[Guerra Civil Espanhola]]. O pavilhão foi construído pelo arquiteto espanhol [[Josep Lluis Sert]],<ref>[http://www.pbs.org/treasuresoftheworld/a_nav/guernica_nav/gnav_level_1/3pavilion_guerfrm.html ...the Spanish Pavilion] [[PBS]]. Retrieved 15 de outubro de 2012</ref> e financiado pelo [[Segunda República Espanhola|governo republicano]] e incluiu a famosa pintura [[Guernica]], de [[Pablo Picasso]]<ref>Beevor, Antony. (2006). ''The Battle for Spain. The Spanish Civil War, 1936-1939.'' [[Penguin Books]]. London. p.249</ref>, uma mostra dos horrores da guerra, a escultura ''Fonte de Mercúrio'', de [[Alexander Calder]] e a pintura ''CatalanPastor peasantCatalão inem revoltrevolta'', de [[Joan Miró]].<ref>http://www.bib.ub.edu/en/libraries/pavello-republica/expos/pavello-republica/ {{Dead link|date=March 2015}}</ref>
 
Dois outros pavilhões notáveis foram os da [[Alemanha Nazista]] e da [[União Soviética]]. A organização da feira colocou os dois pavilhões muito próximos, em direções opostas da Torre Eiffel.<ref name=overy260>{{cite book|author=R. J. Overy|title=The Dictators: Hitler's Germany, Stalin's Russia|date=30 September 2004|publisher=[[W. W. Norton & Company]]|isbn=978-0-393-02030-4}}</ref> [[Adolf Hitler]] queria desistir da exposição, mas seu arquiteto [[Albert Speer]] convenceu-o a participar, após mostrar seus planos do pavilhão. Speer depois revelou, em sua auto-biografia[[autobiografia]], que tinha dado uma olhada clandestina nos planos do pavilhão soviético e desenhou o pavilhão alemão a fim de representar o anti-comunismoanticomunismo.
 
O preparo e construção da exibição sofreu atrasos. No dia de abertura, somente os pavilhões alemão e soviético estavam prontos. Graças ao fato de ambos estarem um de frente para o outro, isso tornou a exposição uma competição entre os dois rivais ideológicos.
 
O pavilhão de Speer possuía em seu cume, uma torre cheia com símbolos do estado nazista: uma águia e uma [[suástica]]. O pavilhão foi erigido como um monumento ao "orgulho e realizações alemãs". Foi transmitido ao mundo que uma nova e pdoerosapoderosa Alemanha tinha restaurado o senso de orgulho nacional. À noite, o pavilhão era todo iluminado. A escultura ''Camaradagem'' de [[Josef Thorak]] ficou fora do pavilhão, entre dois nus femininos enormes..<ref name=overy260/>
 
O arquiteto do pavilhão soviético foi [[Boris Iofan]]. [[Vera Mukhina]] projetou a enorme escultura do pavilhão. A enorme construção tinha, em seu topo, um homem e mulher trabalhadores[[trabalhador]]es, de mãos dadas, portando um [[martelo]] e uma [[foice]]. A estátua simbolizava a união dos trabalhadores e dos [[agricultor|camponeses]].<ref name=overy260/>
 
A [[Grã-Bretanha]] não tinha as mesmas expectativas de competição e fez um pavilhão bem menor do que a Alemanha<ref name=Crinson>{{cite book|title=Cultural Identities and the Aesthetics of Britishness|editor-last=Arnold|editor-first=Dana |chapter=Architecture and 'national projection' between the wars|last=Crinson|first=Mark|year=2004|publisher=[[Manchester University Press]]|location=Manchester|isbn=0-7190-6768-5|pages=191–194}}</ref> [[Frank Pick]], escolheu Oliver Hill como arquiteto mas orientou-o a evitar modernismos e focar em trabalhos mais [[tradição|tradicionais]].<ref>{{cite book|title=The Avant-Garde in Interwar England : Medieval Modernism and the London Underground |last=Saler|first=Michael T.|year=1999|publisher=[[Oxford University Press]]|location=Oxford|isbn=0-19-514718-9|pages=158–159}}</ref> O principal elemento arquitetônico do pavilhão de Hill foi uma grande caixa branca, decorada com frisos[[friso]]s, pintada por [[John Skeaping]] e, em seu interior, havia fotografias gigantes que incluíam [[Neville Chamberlain]] pescando.
 
==Prêmios==
Tanto [[Albert Speer]] quanto [[Boris Iofan]] receberam medalhas de ouro pelos seus trabalhos. Speer ainda recebeu um Grand Prix pelo seu modelo parcial das estradas de [[Nuremberg]], para surpresa de Hitler.<ref>[[Joachim Fest|Fest, Joachim]]. ''Speer'' p.88 (English edition)</ref>
 
[[Johanne deRibert Kajanus]], e [[Eva Norvind]] ganharam uma medalha de bronze pela escultura 'Mãe e Filho'.
 
Os engenheiros poloneses de [[Varsóvia]] ganharam uma medalha de ouro pela sua locomotiva Pm36-1 PKP classe Pm36]].
 
O arquiteto norte-americano [[Alden Dow]] ganhou o ''grande prêmio para arquitetura residencial'' pela casa de John S. Whitman, em [[Michigan]].<ref>Robinson, Sidney K., ‘’The''The Architecture of Alden B. Dow'',’’ [[Wayne State University Press]], Detroit, MI 1983 p. 45</ref>
 
== Galeria ==