Smart Fit: diferenças entre revisões

1 933 bytes adicionados ,  18h59min de 4 de março de 2017
Expansão do artigo
m (Adição de logo)
(Expansão do artigo)
| num_empregados =
| clientes =
| produtos = [[Academia desportiva|Academias]]
| marcas =
| servicos =
}}
[[File:Smart Fit Itaquera.jpg|thumb|270px|Smart Fit Shopping Metrô Itaquera, [[São Paulo (cidade)|São Paulo]]]]
A '''Smart Fit''' é a maior rede de [[Academia desportiva|academias esportivas]] da [[América Latina]], com cerca de 1 milhão de alunos matriculados em 365 unidades presentes em 6 países da região.<ref name="Veja1">{{citar web|URL=http://vejasp.abril.com.br/cidades/perfil-edgard-corona-academia-smart-fit/|título=Como Edgard Corona criou a maior rede de academias da América Latina|autor=Ana Carolina Soares|data=28-10-2016|publicado=Veja|acessodata=03-03-2017}}</ref> Criada em 2009, com sede em [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], é a rede low cost do Grupo Bio Ritmo, dono da rede de academias [[homônimo|homônima]] Bio Ritmo.<ref>{{citar web|URL=http://www.revistahsm.com.br/estrategia-e-execucao/ceo-bioritmo-smartfit-compartilha-receita-desucesso/|título=CEO da Bio Ritmo e da Smart Fit compartilha sua receita de sucesso|autor=HSM Management|data=2-12-2016|publicado=Revista HSM|acessodata=04-03-2017}}</ref>
 
De acordo com a International Health, Racquet & Sportsclub Association (IHRSA), a Smart Fit é a 5º rede que mais cresce em número de unidades no mundo.<ref>{{citar web|URL=http://www.gazetadopovo.com.br/economia/empreender-pme/malhacao-e-um-grande-negocio-no-brasil-edg7hrfy3pcvxgox7w6735wlq|título=Malhação é um grande negócio no Brasil|autor=Anna Paula Franco|data=10-09-2014|publicado=Gazeta do Povo|acessodata=04-03-2017}}</ref>
 
== História ==
Em 20092008, após um evento de empresários do setor ''fitness'' nos [[Estados Unidos]], o empresário Edgard Corona começouobservou ao concebermercado asnorte-americano primeirasde unidadesacademias dee umaidentificou novadiferenças redejunto ao mercado de academias lowdo cost[[Brasil]]. De acordo com Corona: ''"O mercado norte-americano já contava com academias com mensalidades na faixa dos US$ 20, enquanto no Brasil só existiam duas opções: as mais caras ou as mais baratas, mas que tinham estrutura deficiente"''.<ref>{{citar web|URL=http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2016/05/1773434-das-ruas-para-a-rede-globo-smart-fit-cresce-e-conquista-paulistanos.shtml|título=Das ruas para a rede Globo, Smart Fit cresce e conquista paulistanos|autor=Mariana Agunzi|data=22-05-2016|publicado=Folha de São Paulo|acessodata=04-02-2017}}</ref>
 
A oportunidade descoberta motivou a abertura de uma nova rede de academias low cost no ano seguinte. As primeiras unidades da Smart Fit foram abertas nas cidades de [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[Porto Alegre]], [[Brasília]] e [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]].<ref>{{citar web|URL=http://www.guiadasemana.com.br/compras/noticia/malhacao-sem-peso-no-bolso|título=Malhação sem peso no bolso|autor=Guia da Semana|data=10-04-2012|publicado=Guia da Semana|acessodata=04-03-2017}}</ref> O conceito inicial criado da rede é baseado em valores de mensalidades acessíveis, áreas maiores de 2000 m² e um número reduzido de instrutores e funcionários.<ref name="Exame1">{{citar web|URL=http://exame.abril.com.br/blog/primeiro-lugar/malhacao-para-todos/|título=Malhação para todos|autor=Marcelo Onaga|data=01-09-2009|publicado=Exame|acessodata=04-03-2017}}</ref>
 
A expansão da rede nos anos seguintes se deu por meio de franquias e parcerias em novos mercados, além de ter se acelerado após o aporte de R$ 520 milhões pela gestora de fundos Pátria Investimentos e do [[GIC Private Limited|Fundo Soberano de Singapura]] no Grupo Bio Ritmo.<ref name="Veja1" /><ref>{{citar web|URL=http://exame.abril.com.br/negocios/bio-ritmo-se-expande-na-america-latina-2/|título=Bio Ritmo se expande na América Latina|autor=Exame|data=21-03-2013|publicado=Exame.com|acessodata=04-03-2017}}</ref>
 
== Ver também ==