Abrir menu principal

Alterações

98 bytes adicionados, 15h07min de 5 de março de 2017
m
sem resumo de edição
 
[[Imagem:Interior do Theatro Municipal.jpg|thumb|250px|direita|Teatro Municipal do Rio de Janeiro: aspecto interno.]]
Em seus primórdios, apresentavam-se no teatro apenas companhias e orquestras estrangeiras - especialmente as [[Itália|italianas]] e francesas - até que, em [[1931]], foi criada a [[Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro]]. Entre as personalidades ilustres que nelepisaram seno apresentarampalco do Theatro Municipal destacam-se os nomes de [[Maria Callas]], [[Renata Tebaldi]], [[Arturo Toscanini]], [[Sarah Bernhardt]], [[Bidu Sayão]], [[Eliane Coelho]], [[Heitor Villa-Lobos]], [[Igor Stravinsky]], [[Paul Hindemith]], [[Alexander Brailowsky]] entre outras. HojeAlém da orquestra, hoje a casa abriga o [[Coro]], [[Balédo Theatro Municipal do Rio de Janeiro]] e ao [[Orquestra SinfônicaBallet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro]] e são apresentados, majoritariamente, programas de [[dança]] e de [[música erudita]].
 
No dia 20 de março de 2011, o presidente americano Barack Obama, numa visita com fins de buscar novos tratados comerciais com o Brasil, falou ao povo brasileiro do palco do Theatro Municipal, onde reconheceu o Brasil como uma das maiores democracias do mundo contemporâneo, uma democracia que inspira a outras em dimensão intercontinental.
 
== Ver também ==
* [[Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro]]
* [[Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro]]
* [[Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro]]
716

edições