Diferenças entre edições de "Silogismo"

3 bytes adicionados ,  13h15min de 14 de março de 2017
A maneira pela qual as proposições estão dispostas é chamada de modo do silogismo. A posição que o termo médio assume no argumento (sujeito ou predicado), origina a figura do silogismo.
 
São quatro espécies de proposições: A (TodosTodo...), E (Nenhum...), I (Algum é...), O (Algum não é...). Tem-se então quatro opções de espécieespécies possívelpossíveis para cada uma das três proposições que irão compor o silogismo gerando portanto 4x4x4 = 64 combinações: AAA, AAE, AAI, AAO, AEA, AEE, AEI, AEO, AIA, AIE, AII, AIO, AOA, AOE, AOI, AOO, EAA, EAE, EAI, EAO, EEA, EEE, EEI, EEO, EIA, EIE, EIE, EII, EIO, EOA, EOE, EOI, EOO, IAA, IAE, IAI, IAO, IEA, IEE, IEI, IEO, IIA, IIE, III, IIO, IOA, IOE, IOI, IOO, OAA, OAE, OAI, OAO, OEA, OEE, OEI, OEO, OIA, OIE, OII, OIO, OOA, OOE, OOI e OOO. Observa-se ainda que são quatro os modos de silogismo (figuras 1, 2, 3 e 4) prapara cada uma das 64 combinações o que resultaria em 256 possibilidades.  Deste total, apenas 24 combinações são válidas, sendo que as demais violam uma ou mais regras do silogismo. Estas 24 combinações distribuem-se nas quatro figuras do silogismo. Figura 1: barbara, celarent, darii, ferio, barbari, celaront. Figura 2: cesare, camestres, festino, baroco, cesaro, camestres. Figura 3: datisi, disamis, ferison, bocardo, felapton, darapti. Figura4Figura 4: calemiscalemes, dimatis, frerison, calemos, fesapo, bamalip.
 
===Primeira figura===
Utilizador anónimo