Diferenças entre edições de "Dogmatismo"

1 byte removido ,  16h04min de 16 de março de 2017
m
Foram revertidas as edições de 77.54.239.210 por mudar a grafia (usando Huggle) (3.1.22)
(fato para facto porque portugues ne?)
m (Foram revertidas as edições de 77.54.239.210 por mudar a grafia (usando Huggle) (3.1.22))
Em contrapartida, o vocábulo dogma do grego ''δόγμα'' (''dogmatikós'', em grego moderno (alasbilaleiko)) significou primitivamente oposição. Tratando-se assim de uma opinião centrista, isto é, algo que se referia a opinião em sim. Por isso, o termo dogmatismo significava "relativo [[doutrina]]" ou "fundado em princípio".
 
Com o decorrer dos séculos, o dogmatismo começou a ser percebido como assim posição filosófica defendendo que as verdades absolutas existem. Os filósofos que insistiam demasiado nos princípios [[metafísica|metafísicos]] acabavam por não prestar atenção aos factosfatos ou argumentos que pudessem pôr em dúvida esses princípios. Esses filósofos não consagravam o principal da sua actividade à observação ou ao exame, mas sim à afirmação. Foram por isso chamados filósofos dogmáticos, ao contrário dos filósofos examinadores ou [[cepticismo|cépticos]].
 
Com tudo isto, o dogmatismo pode entender-se principalmente em três sentidos:
7 095

edições