Diferenças entre edições de "Hititas"

1 byte removido ,  21h13min de 20 de março de 2017
Chamavam-se a si próprios '''hatti''' e a sua capital era [[Hatusa]] (ou Hatuxa). Os registros em baixo relevo e relatos da época descreviam os hititas como homens fortes, de estatura baixa, com barbas e cabelos longos e cerrados, possivelmente usados como proteção para o pescoço. Os [[cavalo]]s eram venerados como animais nobres. Os encarregados de cuidar dos cavalos assumiam notoriedade na sociedade hitita.
 
Estima-se que os hititas indo-europeus tenham entrado na [[Ásia Menor]] por volta do {{AC|século XXX|nl}}, passando pela região do [[Cáucaso]]. O seu Império formou, junto com o [[Egito Antigo|Egito]] e a [[Dinastia cassita|Babilônia]], o trio das grandes potências dos {{AC|séculos XIV-XIII|nl}}<ref>{{citar livro|título=O Segredo dos Hititas - A descoberta de um antigo Império, 2ª edição|autor=[[C. W. Ceram|Ceram, C. W.]]|editora=Editora Itatiaia|local=Belo Horizonte|ano=1958}}</ref>
 
Tal como os [[Antigo Egito|antigos egípcios]], seus contemporâneos, detinham uma escrita [[hieroglifo|hieroglífica]]. Sua principal arma eram os temidos [[carro de guerra|carros de guerra]] com capacidade para três pessoas (um condutor e dois guerreiros, geralmente um deles utilizando um [[arco (arma)|arco]]), uma inovação frente aos carros de guerra de 2 pessoas utilizados tradicionalmente por seus vizinhos.