Abrir menu principal

Alterações

20 bytes adicionados ,  03h00min de 23 de março de 2017
m
Bot: Substituição automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Substituição de afluentes
'''Cro-Magnon''' é o nome que se dá aos restos mais antigos conhecidos na [[Europa]] de ''[[Homo sapiens]]'', a [[espécie]] à qual pertencem todos os [[humano]]s modernos. Entretanto, há restos mais antigos de ''Homo sapiens'' na África. A designação não se enquadra totalmente nas formas convencionais de denominação dos [[hominídeo]]s, sendo frequentemente usada para designar, em sentido genérico, os [[povo]]s mais antigos conhecidos na Europa que podem ser integrados entre os modernos humanos.
 
No [[Paleolítico Superior]], os homens de [[Neanderthal]] desapareceram, por volta de 30.000 [[a.C.]]. A [[teoria]] mais aceite na [[Antropologia]], anteriormente, era que ocorreu um encontro entre os Neanderthais e os Homens de Cro-Magnon há cerca de 40 mil anos. Eles teriam entrado em um conflito que durou cerca de 10 mil anos que, por fim, acarretou o extermínio do [[Homem de Neandertal|Homem-de-neandertal]]. No entanto, estudos recentes, usando [[DNA antigo]] e após a [[Sequenciação de ADN|sequenciação]] do [[genoma]] do Neanderthal, mostraram a persistência de variantes genéticas semelhantes ao Neanderthal em populações actuais de europeus e asiáticos, sugerindo que teria havido cruzamentos de Cro-Magnon com Neanderthais a certa altura após se encontrarem.<ref>{{Cite journal
| doi = 10.1126/science.1245938
| issn = 0036-8075, 1095-9203
889 558

edições