Diferenças entre edições de "Cristiano II da Dinamarca"

643 bytes adicionados ,  07h08min de 24 de março de 2017
sem resumo de edição
| coroação2 = {{dtlink|4|11|1520}}
| predecessor2 = [[João da Dinamarca|João II]]
| sucessor2 = [[Gustavo I da Suécia|Gustavo IVasa]]
| cônjuge = [[Isabel da Áustria (1501–1526)|Isabel da Áustria]]
| tipo-cônjuge = Esposa
| religião = [[Igreja Católica|Catolicismo]] e [[luteranismo]]
}}
'''Cristiano II''' (conhecido na [[Suécia]] como '''Cristiano, o Tirano'''; Nyborg, {{dtlink|1|7|1481}} – Kalundborg, {{dtlink|25|1|1559}}) foi [[Lista de monarcas da Dinamarca|Rei da Dinamarca]] e [[Lista de monarcas da Noruega|Noruega]] de 1513 até ser deposto em 1523, e também [[Lista de monarcas da Suécia|Rei da Suécia]] entre 1520 e 1521. Era o filho mais velho do rei [[João da Dinamarca|João]] (''Hans'') da [[União de Kalmar]], tendo ascendido ao trono após a morte dele. Foi deposto na Dinamarca e Noruega por seu tio [[Frederico I da Dinamarca|Frederico]], enquanto que na Suécia pelo nobre [[Gustavo I da Suécia|Gustavo Vasa]].<ref>{{Citar livro |sobrenome= Lagerqvist |nome= Lars |coautor=Nils Åberg |título=Litet lexikon över Sveriges regenter (''Pequeno léxico dos regentes da Suécia'')|subtítulo= |idioma=sueco |local= Boda kyrkby |editora= Vincent |ano= 2004|páginas=63 |página=30|capítulo=Kristian II|isbn=91-87064-43-X |acessodata= }}</ref>
<ref>{{Citar livro |sobrenome=Larsson |nome=Lars-Ove |título=Vem är vem i svensk historia |subtítulo=Från år 1000 till 1900 |lingua3=sv |local=Estocolmo |editora=Prisma |ano=1993 |páginas=208 |página=26-28 |capítulo=Kristian II |isbn=91-518-3427-8}}</ref>
 
== Primeiros anos ==
 
Seu orgulho por levantar sua nação era triplamente maior do que sua saúde. Embora estivesse com 76 anos (a expectativa de vida na época era de 65), sofria de enfraquecimento ósseo, além de algo pior, em 1559 foi constatado que ele sofria da ''doença do peito''(tuberculose com era chamada no tempo), seus tratamentos caros apenas adiaram sua morte, que ocorreu em 25 de janeiro do mesmo ano.
 
{{Referências}}
 
 
45 399

edições