Diferenças entre edições de "António Mourão"

313 bytes removidos ,  14h45min de 25 de março de 2017
WP:CITE Desfeita a edição 48333483 de 188.80.101.129
(WP:CITE Desfeita a edição 48333483 de 188.80.101.129)
 
== Biografia ==
Foi ao cumprir o [[serviço militar obrigatório]] que a sua voz começou a dar nas vistas. Passou a cantar, como amador, nas casas de fado de Lisboa. No ano deEm 1964, foi contratado para a "[[Parreirinha de Alfama]]", casa típica de [[Argentina Santos]] onde fez a sua estreia profissional. Depois foi contratado pelo fadista Sérgio para atuar na Casacasa de Fadosfados Viela, em Lisboa <ref>http://www.cmjornal.xl.pt/cultura/detalhe/morreu-o-fadista-antonio-mourao.html</ref>.
 
A verdadeira notabilidade seria ganha em 1965 com a sua participação na revista "E Viva o Velho", no [[Teatro Maria Vitória]], onde interpretou asa canções "O Cais Da Minha Vida" ecanção "[[Ó Tempo Volta para Trás]]", da dupla [[Eduardo Damas]]-[[Manuel Paião]]., Esteque últimose tema tornou-setornaria um dos maiores êxitos da história da música portuguesa.
 
Gravou discos para editoras como a [[RCA Records|RCA]], a [[Valentim de Carvalho]], a Polygram e a Orfeu.
 
António Mourão tornou-se num cantor muito popular, pelo que, de forma natural, percorreu todo o país e chegou a cantar em vários palcos no estrangeiro, em países como Estados Unidos da América, Canadá, Austrália, Venezuela, África do Sul, França e Alemanha. A fase de maior sucesso foi de 1963 até 1972 mas não estava preparado para o mesmo.
 
Também gravou outros temas marcantes, de fado e de folclore, como "Os Teus Olhos Negros, Negros", "Chiquita Morena", "Oh Vida Dá-me Outra Vida", "Fado do Cacilheiro" ou "Varina da Madragoa". Foi o primeiro nome a gravar [[Carlos Paião]] num ''[[single]]'' de 1979.
 
O álbum "Pensando em Ti" foi editado em 1993. "Não há fado sem verdade" foi o último trabalho que gravou<ref>http://www.cmjornal.xl.pt/cultura/detalhe/morreu-o-fadista-antonio-mourao.html</ref>. Apesar de ter sido muito premiado e acarinhado pelo público, António Mourão acabou praticamente por se retirar do mundo artístico nos [[Década de 1990|anos 1990]].
Em 1981 foi atracção na revista "Não Há Nada Pra Ninguém" do Parque Mayer onde cantou os temas "Zé Ninguém" e "Senhora Dona Piela".
 
O álbum "Pensando em Ti" foi editado em 1993. "Não há fado sem verdade" foi o último trabalho que gravou<ref>http://www.cmjornal.xl.pt/cultura/detalhe/morreu-o-fadista-antonio-mourao.html</ref>. Apesar de ter sido muito premiado e acarinhado pelo público, António Mourão acabou praticamente por se retirar do mundo artístico nos [[Década de 1990|anos 1990]].
 
O fadista António Mourão com 78 anos, faleceu a 18 Outubro de 2013, na [[Casa do Artista]], em Lisboa.
* A Voz Que Volta (1992)
* Pensando em Ti (LP, Discossete, 1993)
* ''Não Há Fado Sem Verdade'' (CD, Movieplay, 1993)
 
===Compilações===
4 345

edições