Diferenças entre edições de "John Quincy Adams"

Sem alteração do tamanho ,  16h25min de 6 de abril de 2017
Coesão frásica. (substituição de "na" por "em")
(Coesão frásica. (substituição de "na" por "em"))
Sua maior contribuição para os Estados Unidos foi o planejamento da [[Doutrina Monroe]], durante o período que foi secretário de estado do presidente [[James Monroe]]. Era filho do ex-presidente [[John Adams]].
 
Foi [[advogado]] em [[Boston]]; ministro naem [[Haia]] ([[1794]]), [[Lisboa]] ([[1797]]), [[Prússia]] (1799), na [[Rússia]] ([[1809]]-[[1814|1914]]) e na [[Inglaterra]] ([[1815]]-[[1817|1917]]).
Negociou a compra da [[Florida]] à [[Espanha]] e assentou as bases da chamada "doutrina de Monroe". [[Presidente]] ([[1825]]-[[1829]]), procurou introduzir melhoramentos internos no país, pretendendo abolir a escravatura, sem obter sucesso.
 
Utilizador anónimo