Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido, 20h32min de 7 de abril de 2017
m
sem resumo de edição
Em 2008 foi fechado o primeiro acordo entre a [[Petrobras]] e a [[PDVSA]] prevendo que o petróleo utilizado na refinaria Abreu e Lima fosse fornecido em partes iguais pelos dois países. As negociações entre a Petrobras e a PDVSA para a construção de uma refinaria no Brasil haviam sido iniciadas em 2003, quando chegou a ser discutido o projeto de criação de uma nova empresa petrolífera sul-americana, que não foi concluído.
 
O acordo firmado em 2008 previa ainda que a Petrobras receberia direitos de exploração de petróleo na principal região petrolífera da Venezuela, a Faixa do [[Orinoco]]. Após um novo e duro ciclo de negociações,<ref>''"Imbróglio na Refinaria Abreu e Lima"'', '''Energia Hoje''', 21/02/2009 http://www.energiahoje.com/index.php?ver=mat&mid=375531</ref><ref>''"Lula e Chavez não chegam a acordo sobre refinaria Abreu e Lima em Pernambuco"'', '''O Globo''', 26/05/2009, http://oglobo.globo.com/economia/mat/2009/05/26/lula-chavez-nao-chegam-acordo-sobre-refinaria-abreu-lima-em-pernambuco-756036600.asp</ref><ref>''"Brasil e Venezuela avançam em Mercosul, mas refinaria fica para depois"'', '''BBC''', 26/05/2009, http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/05/090526_lula_chavez_cq.shtml</ref> em 2012, o diretor do Abastecimento da Petrobras, José Carlos Cosenza, afirmou que o prazo da estrangeira iria até novembro dfaqueledaquele ano. O acordo previa instalações ainda maiores, com maior capacidade de refino.
 
== Perspectivas, críticas e disputas ==
19 794

edições