Diferenças entre edições de "Duarte e Companhia"

246 bytes adicionados ,  17h58min de 8 de abril de 2017
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
== Sinopse ==
A acção centra-se nas aventuras e trapalhices de uma tripla de detectives, Duarte ([[Rui Mendes]]), Tó ([[António Assunção]]) e Joaninha ([[Paula Mora]]) que da polícia tinhamtêm como veículo um [[Citroën 2CV]] vermelho
 
Esta série mostra Duarte, Tó e Joaninha a trabalharem numa agência de detetives chamada "Duarte & Cª".
 
Duarte é o chefe arrogante e pinga amor pelas mulheresmulherengo (mesmo sendo casado), Tó, o subordinado pachorrento e calmo e Joaninha, a secretária de Duarte e prima de Tó com um trauma com os homens. com uma força de ferro.
 
A dupla de detetives Duarte e Tó e a secretária Joaninha tentam resolver os casos e investigações, porém, tudo o que fazem dá falhanço por qualquer motivo, razão pela qual Duarte, Tó e Joaninha são trabalhadores com falta de dinheiro...ou será porque Duarte é forreta?
 
Nesta exclente série policial-cómica ainda temos, vilões de máfia, Lúcifer (Guilherme Filipe), Albertini ([[Alberto Quaresma]]), um Japonês (Frederico Cheong), Átila ([[Luís Vicente]]), Rocha ([[António Rocha]]) e Tino (Constantino Guimarães) e ainda um detetive rival chamado Luís ([[Luís Alberto]]), o detetive emplastro e atrapalhado que faz de serviçotudo para roubar os clientes de Duarte e Companhia.
 
== Entrada da série na RTP ==
Como se sabe e bem, nem sempre a [[Rádio e Televisão de Portugal|RTP]] pode aceitar séries de produções externas. Duarte e Companhia não foi produzido pela [[Rádio e Televisão de Portugal|RTP]], e era para ser uma série para ficar apenas no cinema, mas [[Rogério Ceitil]], queria que fosse mais que uma série no cinema, queria que fosse também uma série de televisão. Rogério Ceitil convenceu a RTP a aceitar a transmissão da série, mas antes do lançamento televisivo, os técnicos da RTP consideravam que a série não iria ter grande êxito devido à forma que era gravado e devido à imagem (já havia naquela altura programas com melhor imagem), mas colocou, e as audiências foram um sucesso extrondoso e Rogério Ceitil devido a esse êxito fez mais episódios para à RTP, e cada vez mais era êxito português em televisão. Estas transmissões por parte da [[Rádio e Televisão de Portugal|RTP]] também dependiam da boa vontade dos técnicos para a transmitirem.
 
== Falta de dinheiro e meios ==
Utilizador anónimo