Diferenças entre edições de "Economia mista"

109 bytes removidos ,  06h45min de 9 de abril de 2017
Era uma afirmação tendenciosa, que comprometia a neutralidade do texto.
m (Foram revertidas as edições de 2804:431:B721:1E73:C83D:8471:22E6:BF81 para a última revisão de WPTBR, de 21h33min de 12 de setembro de 2...)
(Era uma afirmação tendenciosa, que comprometia a neutralidade do texto.)
{{Artigo principal|Economia social de mercado}}
 
Uma '''economia mista''' é uma forma de [[economia]] que combina dois ou mais modelos econômicos distintos. Como sistemas econômicos são complexos e geralmente híbridos, utiliza-se critérios de avaliação de sistemas econômicos ou modos de produção "ideais", como o feudalismo, capitalismo, socialismo. Na maior parte dos casos, trata-se de padrões ou modelos mais específicos, híbridos de variações de um sistema, intermediários entre padrões distintos como o capitalismo de mercado liberal e o capitalismo politicamente orientado. Mesmo assim a renda per capita continua evoluindo para com a destreza dos humanos perante o mundo que está la fora. Mesmo não sabendo lidar com isso os chineses sempre se comprometeram, por ter uma economia mista, que é o capitalismo econômico e o socialismo. O imperador da china sempre pensou em um país melhor, com água, transporte público de boa qualidade, etc.
 
Como exemplo em períodos históricos anteriores, pode-se classificar o modelo econômico da Europa durante o período que vai do Renascimento até as vésperas da Revolução Industrial como um período intermediário entre uma economia [[feudal]] e outra tipicamente [[capitalista]]. Em algumas regiões da Europa já existiam características do capitalismo (acumulação de capital, propriedade privada, financeirização da economia), em outras o sistema econômico continuava tipicamente feudal.
Utilizador anónimo