Transporte hidroviário: diferenças entre revisões

m
Foram revertidas as edições de 2804:14D:5C71:848B:349E:121F:473F:802 para a última revisão de 201.40.157.164, de 20h48min de 28...
(Correção de erro)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Foram revertidas as edições de 2804:14D:5C71:848B:349E:121F:473F:802 para a última revisão de 201.40.157.164, de 20h48min de 28...)
{{Transportes}}
O '''transporte aquático''' , '''aquaviário''' ou '''fluvialhidroviário''' ou "hidroviario" consiste na locomoção de mercadorias e de passageiros por [[barco]]s, [[navio]]s ou [[balsa]]s, via um corpo de água, tais como [[oceano]]s, [[mar]]es, [[lago]]s, [[rio]]s ou canais. O transporte aquático engloba tanto o transporte marítimo, utilizando como via de comunicação os mares abertos, como o transporte fluvial, usando os lagos e rios. Como o transporte marítimo representa a grande maioria do transporte aquático, muitas vezes é usada esta denominação como sinônimo. Esse tipo de transporte é utilizado para cargas como cereais,combustíveis.
 
Este modo de [[transporte]] cobre o essencial das matérias primas (petróleo e derivados, carvão, minério de ferro, cereais, bauxita, alumínio e fosfatos, entre outros). Paralelamente a estes transportes a granel, o transporte aquático também cobre o transporte de produtos previamente acondicionados em sacas, caixotes ou outro tipo de embalagens, conhecidos como carga geral.
 
[[Imagem:Ships.jpg|thumb|upright=1.0|left|Dois navios no porto de Gdansk, na Polônia.]]
A partir de meados da década de 1960, desenvolveu-se um novo tipo de mercado de transporte aquático, o do [[Container (transporte)|contentor (português europeu) ou contêiner (português brasileiro)]]. De um formato padronizado (20 ou 40 pés), estas embalagens revolucionaram não só o transporte propriamente dito, mas também toda a cadeia logística, desde o produtor ao consumidor. Os transportes rodoviário, ferroviário e, mesmo, aéreo, adaptaram-se de modo a fazer dos contentores uma unidade de transporte intermodal. A mercadoria, uma vez colocada no contentor, não sofre mais nenhum manuseamento direto até ao seu destinatário final (com excepção de qualquer fiscalização aduaneira). O que é manuseado é apenas o conteúdocontentor e não o conteúdo.
 
{{esboço-logística}}