Diferenças entre edições de "Cromossomo"

1 719 bytes adicionados ,  12h33min de 12 de abril de 2017
m
Foram revertidas as edições de Ghdfhdhf para a última revisão de Darwinius, de 01h37min de 25 de fevereiro de 2017 (UTC)
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo
m (Foram revertidas as edições de Ghdfhdhf para a última revisão de Darwinius, de 01h37min de 25 de fevereiro de 2017 (UTC))
[[Imagem:chromosome.png|frame|'''Figura 1:''': Cromossoma. (1) <font color="#0000FF">Cromatídeo</font>. Cada um dos dois braços idênticos dum cromossoma depois da fase S. (2) <font color="#FF0000">Centrómero</font>. O ponto de ligação de dois [[cromatídeo]]s, onde se ligam os [[microtúbulo]]s. (3) Braço curto. (4) Braço longo.]]
 
Um {{PBPE|cromossomo|cromossoma}} é uma longa sequência de [[DNA]], que contém vários [[gene]]s, e outras sequências de [[nucleótido]]s ([[nucleotídeo]]s) com funções específicas nas [[célula]]s dos [[seres vivos]].<ref name=karp>{{citar livro|autor=Karp, Gerald|título=Cell and Molecular Biology|subtítulo=Concepts and Experiments|ano=2008|idioma=inglês|local=New Jersey|editora=John Wiley|edição=5ª|página=390-395|isbn=978-0-470-04217-5}}</ref>
Um {{PBPE|cromossomo|cromossoma}}holla
 
Nos cromossomas dos [[Eukaryota|eucariontes]], o [[DNA]] encontra-se numa forma semi-ordenada dentro do [[núcleo celular]], agregado a [[proteína]]s [[estrutura]]is, as [[histona]]s<ref name=Bolsover>{{citar livro|autor=Bolsover, Stephen R.; Hyams, Jeremy S.; Shephard, Elizabeth A.; White, Hugh A.; Wiedemann, Claudia G|título=Cell Biology|idioma=inglês|página=73|páginas=531|ano=2004|local=Hoboken, New Jersey|editora=John Wiley & Sons|isbn=0-471-26393-1}}</ref> (Fig. 1), e toma a designação de [[cromatina]]. Os [[procarionte]]s não possuem histonas nem núcleo. Na sua forma não-condensada, o DNA pode sofrer [[Transcrição (genética)|transcrição]], [[regulação]] e [[replicação]].
 
Durante a [[mitose]] (ver [[divisão celular]]), os cromossomos encontram-se condensados e têm o nome de cromossomos [[metafase|metafásicos]] e é a única ocasião em que se podem observar com um [[microscópio]] óptico.<ref name=albers>{{Citar livro|autor=Alberts, Bruce; Johnson, Alexander; Lewis, Julian; Raff, Martin; Roberts, Keith; Walter, Peter|título=Biologia Molecular da Célula|subtítulo=|idioma=|edição=5|local=Porto Alegre|editora=Artmed|ano=2010|páginas=208-209|volumes=|volume=|url=|isbn=978-85-363-2066-3}}</ref>
 
O primeiro investigador a observar cromossomas foi [[Karl Wilhelm von Nägeli]] em [[1842]] e o seu comportamento foi descrito em detalhe por [[Walther Flemming]] em [[1882]]. Em [[1910]], [[Thomas Hunt Morgan]] provou que os cromossomas são os portadores dos genes.
 
== Cromossomos dos eucariontes ==
|}
 
Cada [[espécie]] em particular possui um número de cromossomas característico (Tabela 1). As espécies que se reproduzem [[reprodução assexuada|assexuadamente]] têm um conjunto de cromossomas, que é igual em todas as células do corpo. As espécies que se reproduzem [[reprodução sexuada|sexuadamente]] têm [[célula somática|células somáticas]], que são [[diplóide]]s [2n] (têm dois conjuntos de cromossomas, um proveniente da mãe e outro do pai) ou [[poliplóide]]s [Xn] (têm mais do que dois conjuntos de cromossomas). Além das células somáticas, os organismos que se reproduzem sexuadamente possuem os [[gameta]]s (células reprodutoras), que são [[haplóide]]s [n] (têm apenas um conjunto de cromossomas). Os gametas são produzidos por [[meiose]] de uma célula diplóide da [[Célula germinativa|linha germinativa]]. Durante a meiose, cromossomas semelhantes de origem materna e paterna (por exemplo o cromossoma 1 de origem materna com o cromossoma 1 de origem paterna) podem trocar pequenas partes de si próprios (''[[Cruzamento cromossómico|crossing-over]]''), e assim criar novos cromossomas que não foram herdados unicamente de um dos progenitores (podendo criar, por exemplo, um cromossoma 1 que apresenta regiões provenientes do cromossoma 1 de origem materna junto com outras regiões do cromossoma 1 de origem paterna).<ref name="karp">{{citar livro|título=Cell and Molecular Biology|editora=John Wiley|ano=2008|local=New Jersey|página=390-395|isbn=978-0-470-04217-5|autor=Karp, Gerald|subtítulo=Concepts and Experiments|idioma=inglês|edição=5ª}}</ref> Quando um gameta masculino e um gâmeta feminino se unem ([[fertilização]]), forma-se um novo organismo diplóide.
 
== Cariótipo ==