Diferenças entre edições de "Deir Elbari"

10 bytes adicionados ,  06h28min de 15 de abril de 2017
m
ajustes usando script
m (ajustes usando script)
Durante a [[XVIII dinastia egípcia|XVIII Dinastia]] [[Amenófis I]] e [[Hatshepsut]] também construíram no local.
 
O ponto focal do complexo de Deir el-Bahari é o Djeser-Djeseru (lit. "[[Santo dos Santos]]"), templo mortuário da rainha [[Hatshepsut]]. É uma estrutura cercada por colunas, projetada e implementada por [[Senemut]], criado real e arquiteto da rainha (e, segundo alguns, seu amante),{{Carece de fontes|data=abril de 2017}} para servir para seu culto póstumo e honrar a glória do deus [[Amon]].
 
O Djeser-Djeseru se localiza sobre uma série de terraços cercados por colunas, que são acessados por meio de longas rampas decoradas com jardins. Foi construído dentro da face de um [[penhasco]] que se ergue sobre sua estrutura, e é considerado um dos ''"monumentos incomparáveis do Egito Antigo"''.<ref name="Trachtenberg">{{citar livro | autor = Trachtenberg, Marvin e Isabelle Hyman | título = Architecture, from Prehistory to Postmodernity | editora = Prentice-Hall Inc. | ano = 2003 | local = Itália | id isbn= ISBN 978-0810906075 | página = 71 }}</ref>
 
{{Referências}}
 
== {{Ligações externas}} ==
{{Commons|Deir el-Bahari}}
* {{Link|en|2=http://www.bluffton.edu/~sullivanm/egypt/deirelbahri/deirelbahri.html |3=Egypt Index |4=, [[Universidade de Bluffton]]}}