Diferenças entre edições de "Exército de terracota"

45 bytes removidos ,  04h01min de 16 de abril de 2017
bot: revertidas edições de 2804:214:81E5:39A:92F7:FADA:F64A:8E9C ( modificação suspeita : -43), para a edição 48214292 de Salebot
(Nome do imperador: Qin Shi Huang)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(bot: revertidas edições de 2804:214:81E5:39A:92F7:FADA:F64A:8E9C ( modificação suspeita : -43), para a edição 48214292 de Salebot)
'''Exército de terracota''', '''Guerreiros de Xian''' ou ainda '''Exército do imperador Qin''', é uma coleção de esculturas de [[terracota]] representando os exércitos de [[Qin Shi Huang]], o primeiro [[imperador da China]]. É uma forma de [[arte funerária]] enterrada com o imperador em 210-209 a.C. e cuja finalidade era proteger o governante chinês em sua [[vida após a morte]].
 
As esculturas, que datam de aproximadamente do final do século III aC,<ref>{{cite journal |title=TL dating of pottery sherds and baked soil from the Xian Terracotta Army Site, Shaanxi Province, China |author=Lu Yanchou, Zhang Jingzhao, Xie Jun |journal= International Journal of Radiation Applications and Instrumentation. Part D. Nuclear Tracks and Radiation Measurements |volume=14 |issue= 1–2 |year= 1988 |pages= 283–286 |url=http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/1359018988900775 |doi=10.1016/1359-0189(88)90077-5}}</ref> foram descobertas em 1974 por agricultores locais no Distrito de Lintong, em [[Xi'an]], na província de [[Shaanxi]]. Os soldados variam em altura de acordo com suas funções, sendo os generais os mais altos. As estátuas incluem guerreiros, carruagens e cavalos. Estimativas atuais são de que nos três poços que contêm o Exército de Terracota, havia mais de oito mil soldados, 130 carruagens com 520 cavalos e 150 cavalos de cavalaria, a maioria dos quais ainda estão enterrados nas covas nas proximidades [[Mausoléu de Qin Shihuang‎|Mausoléu de Qin Shi Huang‎]].<ref>Jane Portal and Qingbo Duan, ''The First Emperor: China's Terracotta Army'', British Museum Press, 2007, p. 167</ref> Outras esculturas de terracota não-militares também foram encontradas em outros poços e incluem funcionários, acrobatas e músicos.
 
== História ==
[[Ficheiro:XianHorses.jpg|180px|esquerda|thumb|Detalhe dos cavalos em terracota]]
As imagens em terracota foram enterradas junto ao [[mausoléu]] do primeiro imperador, [[Qin Shihuang|Qin Shi Huang]] em c. 259-210 a.C. e foram descobertas em março de [[1974]] por [[agricultor]]es locais que escavavam um [[poço]] de [[água]] a [[leste]] do monte ''Lishan'', uma elevação de terra feita por mãos humanas e que contém a [[necrópole]] do primeiro imperador da [[dinastia Qin]]. A construção desse [[mausoléu]] começou em [[246 a.C.]] e acredita-se que 700.000 trabalhadores e artesãos levaram 38 anos para a completar. De acordo com o historiador [[Sima Qian]], na obra [[Registros do Historiador]] (c. 100 a.C.), o [[imperador]] foi enterrado em 210 a.C. juntamente com grandes [[tesouro]]s e objetos artísticos, bem como com uma réplica do mundo onde pedras preciosas representavam os astros, [[pérola]]s os planetas e lagos de [[Mercúrio (elemento químico)|mercúrio]] representavam os [[mar]]es. Pesquisas recentes detectaram altos índices de [[Mercúrio (elemento químico)|mercúrio]] no solo, comprovando o historiador.
 
A [[tumba]] fica perto de uma [[pirâmide]] de terra com 47 [[metro]]s de altura e 2,18 [[quilómetro]]s quadrados de área, mas ainda não foi devidamente explorada por se temer que a [[erosão]] provocada por chuvas possa danificá-la. Planeja-se cobrir a área com um telhado especial, mas até [[2007]] não foi possível. O complexo do mausoléu foi construído para servir como um [[palácio]] ou [[corte]] imperial. É dividido em vários ambientes, salas e outras estruturas e cercado por uma [[muralha]] com diversos portões. Seria protegido por um exército de soldados em terracota guardados nas proximidades, mas os restos de muitos artesãos e suas ferramentas foram encontrados, o que faz acreditar que tenham sido enterrados com o imperador para impedir que revelassem as riquezas ou as entradas aos salteadores.
Apesar do incêndio, muitos dos guerreiros de Xian sobreviveram em vários estágios de preservação, cercados pelos restos das estruturas queimadas.
 
Os guerreiros de Xian são hoje um fenomenal sítio arqueológico e um [[ícone]] do passado distante da China. O poderio do primeiro imperador Qin Shi HuangShihuang é evidente na massiva e monumental presença de seus soldados, eternamente prontos a proteger seu líder.
 
== O terremoto de 2008 ==