Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 09h34min de 28 de abril de 2017
Desfeita a edição 48673943 de 177.18.168.250
A '''imigração brasileira no Japão''', ou '''emigração brasileira para o Japão''', é o [[migração humana|movimento populacional]] de [[brasileiros]] para o [[Japão]]. Há uma quantidade significativa de brasileiros no Japão, que são principalmente [[linhagem|descendentes]] dos [[Imigração japonesa no Brasil|imigrantes japoneses]] que vieram do [[Brasil]] buscando [[trabalho (economia)|trabalho]] no [[Japão]], os chamados [[dekasseguis brasileiros]], revertendo o fluxo do passado. Parte deste fluxo de pessoas se deve à [[lei]] de controle de [[imigração]] do [[Japão]] que permite a entrada de famílias de descendentes de imigrantes japoneses até a terceira geração (''sansei'').
 
Um '''brasilo-japonês'''{{carece de fontes|data=abril de 2017}} (em [[língua japonesa|japonês]]: ブラジル系日本人 ''burajiru kei nihonjin'') é um [[cidadania|cidadão]] [[japoneses|japonês]] com ascendência [[brasileiros|brasileira]] ou ainda uma pessoa que nasceu no [[Brasil]] e que, posteriormente, adotou a [[cidadania japonesa]].
 
Os [[dekasseguis brasileiros]] constituem o terceiro maior contingente de estrangeiros residente no [[Japão]]. São cerca de 215 mil brasileiros residentes no Japão (dados de fevereiro de 2012){{carece de fontes|data=setembro de 2013}}. A comunidade brasileira no Japão constitui, segundo dados do Itamaraty, a quarta maior [[diáspora brasileira|comunidade de brasileiros vivendo fora do Brasil]]. As crises econômicas brasileiras das décadas de [[década de 1980|1980]] e [[década de 1990|1990]] incentivaram muitos brasileiros a trabalhar no [[Japão]] onde os salários são bem melhores. Junto com eles, foram suas famílias, uma parte sem ascendência japonesa e casais de mestiços, além de filhos de mestiços ou não.
Utilizador anónimo