Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 16h04min de 30 de abril de 2017
m
Ajuste
Originalmente, os três primeiros volumes eram contados como um único, um volume bastante largo. Uma vez que era a o repositório principal da lei "civil", ele era simplesmente chamado ''Massekhet Nezikin'' ("Tratado Danos").
 
O ordenamento dos volumes de ''Nezikin'' prende-se com as seguintes razôesrazões: a Ordem começa com a lei civil (os primeiros 3 tratados) porque é considerada a pedra angular da rectidão da justiça dentro de um Estado judeu. Segue-se naturalmente ''Sanhedrin'', pois esse tratado lida com a lei criminal. A seguir está ''Makkot'', porque é uma continuação do assunto de ''Sanhedrin'' em termos de procedimento criminal. Depois, Shevuot, que continua o tópico geral abordado em ''Makkot'' acerca do falso testemunho. Depois de definir os prontos principais da lei criminal e civil, segue-se Eduyot para incluir tudo numa moldura [[Halachá|haláchica]].
 
Depois de abordar os "danos" dentro de uma sociedade, o próximo estágio, ''Avodá Zará'', é colocado para reforçar o que é visto como um comportamento que causa dano ao Universo. Avot é provavelmente colocado na continuação para se opôr à negatividade das leis de Avodá Zará e para relatar as máximas dos Sábios, sendo um aspecto essencial dos seus ensinamentos a oposição à idolatria. Finalmente, ''Horayot'' traz a discussão das "alturas" para uma nota de humildade, evidenciando o conceito que até mesmo os Sábios e o ''Bet Din'', ou o tribunal rabínico pode cometer erros.