Diferenças entre edições de "Prêmio da Música Brasileira"

24 bytes adicionados ,  23h52min de 30 de abril de 2017
m
ajustes usando script
(Correção)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (ajustes usando script)
| website = http://www.premiodemusica.com.br/
}}
O '''Prêmio da Música Brasileira''' é uma premiação da [[música popular brasileira]],<ref name="uol - 2015">{{citar web |url=http://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2014/05/14/premio-da-musica-brasileira-homenageia-jair-rodrigues-dominguinhos-e-rossi.htm |titulo=Prêmio da Música Brasileira homenageia Jair Rodrigues, Dominguinhos e Rossi|publicação=Do UOL, no Rio |data= 14/05/2014 |acessodata=16/09/2014 |autor=Marcela Ribeiro}}</ref>, sendo a de maior longevidade.{{carece de fontes|data=abril de 2017}} Idealizado em [[1987]] por [[José Maurício Machline]], a premiação inicialmente era conhecida pelos nomes de seus patrocinadores.<ref name="História"/>
 
Já se chamou '''Prêmio Sharp''',<ref name="História"/>, '''Prêmio Caras''' e '''Prêmio TIM de Música''',<ref name="História"/>, até assumir a denominação atual.
 
== História ==
 
O prêmio inicialmente foi patrocinado pela [[Sharp]], daí ser conhecido inicialmente como ''Prêmio Sharp de Música Brasileira'', desde sua primeira edição, em 1988 (com a premiação referente ao ano anterior, 1987) até 1998.<ref name="História"/>. Em 1995 a Sharp criou também um prêmio para excelência no [[teatro]] brasileiro.<ref name="dgabc - 1999">{{citar web |url=http://www.dgabc.com.br/Noticia/321898/falta-de-parceiros-ameaca-premio-sharp?referencia=navegacao-lateral-detalhe-noticia|titulo=Falta de parceiros ameaça Prêmio Sharp|data= 3 de junho de 1999 |acessodata=21/09/2014 |autor=Diário do Grande ABC |arquivourl=https://web.archive.org/web/20140921233222/http://www.dgabc.com.br/Noticia/321898/falta-de-parceiros-ameaca-premio-sharp?referencia=navegacao-lateral-detalhe-noticia|arquivodata=21/09/2014}}</ref> No entanto, quando o Prêmio Sharp de Música iria para sua 12ª edição, e o [[Prêmio Sharp de Teatro]], para sua quinta edição, em 1999, a crise mundial daquele ano impediu que a cerimônia fosse realizada. A lista dos vencedores chegou a ser divulgada, mas estes receberam apenas um prêmio simbólico, sem a festa de entrega.<ref name="dgabc - 1999"/> Não foi realizado em 2000 e 2001.<ref name="História"/>.
 
Em 2002, transformou-se em ''Prêmio Caras'', patrocinado pela [[Revista Caras|revista de mesmo nome]]. Um ano depois, tornou-se o ''Prêmio TIM de Música'', sendo patrocinado pela operadora telefônica [[TIM]] até 2008. Em 2009 o prêmio teve produção independente e contou com o apoio de toda a classe artística brasileira.<ref name="História">{{Citar web|url=http://www.premiodemusica.com.br/historySite/list|titulo=História|acessodata=4 de dezembro de 2015}}</ref>
 
== O prêmio ==
O Prêmio da Música Brasileira tem, de acordo com seus criadores, dois objetivos: premiar a variedade imensa de manifestações musicais do país, incentivando a descoberta de novos talentos, e propiciar encontros produtivos entre as várias tendências da música contemporânea nativa procurando a mais alta qualidade em todas as vertentes da nossa música.{{carece de fontes|data=setembro de 2014}}
 
O projeto se destaca desde sua criação pela relevância no contesto cultural e foi apoiado/patrocinado por nomes como [[Sharp]], [[TIM]], a [[revista Caras]] e em 2010, a Vale.<ref name="História"/>
 
== Homenageados de cada edição<ref name="História"/> ==
Cada edição da premiação apresenta um artista de destaque da nossa música como homenageado.<ref name="História"/>. A partir de 2003, o prêmio passa a premiar, alternadamente, um artista vivo e um já falecido.
 
===Prêmio Sharp de Música Brasileira===
210 172

edições