Abrir menu principal

Alterações

151 bytes adicionados ,  15h12min de 5 de maio de 2017
. A necessidade de evidências científicas é mais recorrente na área da saúde, onde os experimentos não podem colocar em risco a vida das pessoas.
'''Cepticismo'''<ref>{{citar web|url=http://www.portaldalinguaportuguesa.org/index.php?action=lemma&lemma=90451|título=cepticismo|autor=[[Instituto de Linguística Teórica e Computacional|ILTEC]]|data=|publicado=[[Portal da Língua Portuguesa]]|acessodata=[[27/10/2013]]}}</ref> ou''' ceticismo''' é qualquer atitude de questionamento para o conhecimento, fatos, opiniões ou crenças estabelecidas como fatos.<ref>R. H. Popkin, ''The History of Skepticism from Erasmus to Descartes'' (rev. ed. 1968); C. L. Stough, Greek Skepticism (1969); M. Burnyeat, ed., The Skeptical Tradition (1983); B. Stroud, The Significance of Philosophical Skepticism (1984). [http://encyclopedia2.thefreedictionary.com/Skeptikoi Encyclopedia2.thefreedictionary.com]</ref> Filosoficamente, é a doutrina da qual a mente humana não pode atingir nenhuma [[certeza]] a respeito da [[verdade]].<ref>{{citar livro|título=Dicionário UNESP do português contemporâneo|url=http://books.google.com/books?id=RFrCN3hCsHoC&pg=PA267|ano=2004|publicado=UNESP|isbn=978-85-7139-576-3|página=267}}</ref>. A necessidade de evidências científicas é mais recorrente na área da saúde, onde os experimentos não podem colocar em risco a vida das pessoas.
 
O [[ceticismo filosófico]] é uma abordagem global que requer todas as informações suportadas pela evidência.<ref>"O ceticismo filosófico deve ser distinguido do ceticismo comum, onde as dúvidas são levantadas contra certas crenças ou tipos de crenças, porque a evidência para a crença particular ou tipo de crença é fraco ou em falta ..." [http://www.skepdic.com/skepticism.html Skepdic.com]</ref> O ceticismo filosófico clássico deriva da ''Skeptikoi'', uma escola que "nada afirma".<ref>Liddell e Scott</ref> Adeptos de [[pirronismo]], por exemplo, suspenderam o julgamento em investigações.<ref>Sextus Empiricus, ''Outlines Of Pyrrhonism,'' Trad. por R. G. Bury, [[Harvard University Press]], Cambridge, Massachusetts, 1933, p. 21</ref> Os céticos podem até duvidar da confiabilidade de seus próprios sentidos.<ref>"...as duas formas mais influentes do ceticismo foram o ceticismo epistemológico radical dos céticos pirrônicos clássicos e a forma cartesiana do ceticismo epistemológico radical" [http://www.utm.edu/research/iep/s/skepcont.htm UTM.edu]</ref> O ceticismo religioso, por outro lado é "a dúvida sobre princípios religiosos básicos (como a imortalidade, a providência e a revelação)".<ref>Merriam–Webster</ref>
Utilizador anónimo