Abrir menu principal

Alterações

41 bytes removidos ,  17h33min de 5 de maio de 2017
sem resumo de edição
===Inácio de Antioquia===
{{AP|[[Inácio de Antioquia]]}}
Santo Inácio de Antioquia (também conhecido como Teóforo) (''c'' . [[35]]-[[110]])<ref>Ver "Ignatius" in ''The Westminster Dictionary of Church History'', ed. Jerald Brauer (Philadelphia: Westminster, 1971) e David Hugh Farmer, "Ignatius of Antioch" in ''The Oxford Dictionary of the Saints'' (Nova York: Oxford University Press, 1987).</ref> foi o terceiro Bispo ou [[Patriarca de Antioquia]], dizem ser um possível aluno do [[Apóstolo João]] e supostamente ordenado pelo próprio [[São Pedro|Pedro]],<ref>RAY, Stephen. Upon this Rock. San Francisco, CA: Ignatius Press, 1999. p.119.</ref> porém não existe tal prova desta alegação, ao contrário, pois seus ensinos doutrinários estão longe do evangelho ensinado pelos Apóstolos de Jesus Cristo. Inácio foi martirizado em Roma. Ele escreveu uma série de cartas que foram preservadas com sua [[teologia]] católica. Tópicos importantes abordados nessas cartas queacerca vão totalmente contra asdas doutrinas pregadas no A.T e N.T das escrituras bíblicas ensinando [[sacramentos]], idolatrias através da [[mariologia]], e instituição de papeis hierárquicos como [[bispos]], e o [[Primazia papal|primado papal]].<ref name="Oxford" /><ref>{{citar web|url=http://www.newadvent.org/cathen/07644a.htm|acessodata=22-1-2010|obra=[[Catholic Encyclopedia]]; New Advent|autor=|título=St. Ignatius of Antioch}}</ref> contradizendo as escrituras bíblicas como registro do livro de Mateus 23:9-11 "E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus. Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo. O maior dentre vós será vosso servo.". Nas cartas também prega-se a guarda do [[domingo]],<ref>[http://www.earlychristianwritings.com/text/ignatius-magnesians-roberts.html EPISTLE OF IGNATIUS TO THE MAGNESIANS], chapter IX</ref> adulterando assim a guarda do sábado instituída por Deus no A.T. dos evangelhos apostólicos. Além da unidade e infalibilidade da Igreja [[Catolicismo|católica]]. Ele é o segundo depois de Clemente a mencionar as epístolas de Paulo.<ref name="CC"/>
 
===Policarpo de Esmirna===
37

edições