Diferenças entre edições de "Inostrancevia"

496 bytes adicionados ,  13h41min de 10 de maio de 2017
melhorei descrição
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 187.121.207.129, com Reversão e avisos)
(melhorei descrição)
}}
'''''Inostrancevia''''' foi um [[therapsida]] [[Gorgonopsia|Gorgonopsidae]] ("cara de [[Górgona|Gorgon]]") encontrado no [[rio Duína do Norte]] próximo de [[Arcangel]] na [[Rússia]]. Esse animal viveu há 245 milhões de anos e tinha um [[comprimento]] de pouco mais de 4 [[metro]]s e um [[crânio]] de 45 centímetros. A maior parte do espécime (''Inostrancevia alexandri'') foi encontrado, exceto algumas [[costela]]s e vértebras menores.
 
Este animal era o maior membro dos gorgonopsianos, um grupo de répteis carnívoros semelhantes a mamíferos (Therapsida), com dentes alongados semelhantes aos caninos dos tigres-dente-de-sabre que existiram durante a Idade do Gelo. Os dentes frontais (incisivos) estavam disposto em arco de modo a suportar os caninos quando este agarrava e arrancava a carne. O Inostrancevia tinha uma mandíbula flexível e conseguia abrir a boca num ângulo alargado, semelhante ao do tigre-dentes-de-sabre.
 
[[File:Inostrancevia alexandri.JPG|225px|thumb|left|Esqueleto dum '''Inostrancevia''']]
62

edições