Abrir menu principal

Alterações

11 bytes adicionados ,  18h04min de 26 de maio de 2017
Como são anteriores à [[história]] escrita, os primórdios da agricultura são obscuros, mas admite-se que ela tenha surgido independentemente em diferentes lugares do mundo, provavelmente nos [[vale]]s e [[várzea]]s fluviais habitados por antigas civilizações.{{carece de fontes|data=abril de 2017}}
 
Entre dez<ref name="mazoyer">MAZOYER, Marcel e ROUDART, Laurence. '''História das Agriculturas do Mundo -: do neolítico à crise contemporânea'''. MinistérioSão doPaulo: DesenvolvimentoEditora Agrário.UNESP; Brasília, DF: NEAD, 20082010. Disponível em: <http://www.iica.int/Esp/regiones/sur/brasil/Lists/Publicacoes/Attachments/60/Historia_das_agriculturas.pdf>. Acesso em: 12 de agosto de 2011. ISBN 978-85-7139-994-5 (Editora UNESP); ISBN 978-85-60548-60-6 (NEAD). Título original: ''Histoire des Agricultures du monde: du néolithique à la crise contemporaine''.</ref> e doze mil anos atrás, durante a [[pré-história]], no período do [[neolítico]] ou período da pedra polida, alguns indivíduos de povos [[caçador-colector|caçadores-coletores]] notaram que alguns [[grão]]s que eram coletados da [[natureza]] para a sua alimentação poderiam ser enterrados, isto é, "semeados" a fim de produzir novas plantas iguais às que os originaram. Os primeiros sistemas de cultivo e de criação apareceram em algumas regiões pouco numerosas e relativamente pouco extensas do planeta. Essas primeiras formas de agricultura eram certamente praticadas perto de moradias e aluviões das vazantes dos rios, ou seja, terras já fertilizadas que não exigiam, portanto, [[desmatamento]] <ref name=mazoyer/>.
 
Essa prática permitiu o aumento da oferta de [[alimento]] dessas pessoas, as plantas começaram a ser cultivadas muito próximas umas das outras. Isso porque elas podiam produzir [[fruto]]s, que eram facilmente colhidos quando [[maturação|maduros]], o que permitia uma maior produtividade das plantas cultivadas em relação ao seu ''[[habitat]]'' natural.{{carece de fontes|data=abril de 2017}}
4 496

edições