Abrir menu principal

Alterações

51 bytes adicionados ,  08h17min de 28 de maio de 2017
sem resumo de edição
 
No dia [[11 de março]] de [[2010]], na segunda partida da primeira fase da [[Taça Libertadores da América]], [[Abbondanzieri]] foi o nome do jogo ao garantir empate com o [[Deportivo Quito]], na capital equatoriana, em 1 a 1. Na ocasião, fez defesas incríveis mesmo tendo passado quase todo o jogo com o tornozelo lesionado. Além disso, conseguiu convencer o árbitro colombiano [[José Buitrago]] a reverter um pênalti mal marcado contra o [[Internacional]]<ref>{{citar web|url=http://oglobo.globo.com/esportes/mat/2010/03/12/libertadores-internacional-empata-com-deportivo-quito-916048178.asp|title=Libertadores:Internacional empata com Deportivo Quito|date=12 de março de 2010|acessodata=20 de novembro de 2010|publisher=www.oglobo.com}}</ref>.
O jogador foi titular em boa parta da competição.
 
Com a demissão do técnico [[Jorge Fossati]], [[Pato]] foi afastado do grupo, passando a treinar separadamente. Com a vinda do novo técnico, [[Celso Roth]], o argentino foi titular no amistoso contra o [[Club Atlético Peñarol|Peñarol]], do [[Uruguai]], que terminou empatado em 0-0 e foi para os pênaltis, onde [[Abbondanzieri]] defendeu 3 pênaltis, sendo o herói do jogo e dando o Troféu Fronteria da Paz ao [[Internacional]]<ref>{{citar web|url=http://www.lancenet.com.br/noticias/10-07-04/784811.stm|title=Nos pênaltis, Inter vence o Peñarol|date=04 de julho de 2010|acessodata=20 de novembro de 2010|publisher=www.lancenet.com.br}}</ref>