Diferenças entre edições de "John Langshaw Austin"

1 byte removido ,  20h54min de 20 de junho de 2017
 
== Biografia ==
EstudavaEstudou no [[Balliol College, Oxford|Balliol College]] da [[Universidade de Oxford]]. Após servir o [[MI6|serviço britânico de inteligência]] durante a [[Segunda Guerra Mundial]]. Tornou-se professor titular da cátedra White (Thomas White [1550?-1624]) de Filosofia Moral, em Oxford, considerada a mais prestigiosa cadeira de Filosofia Moral do mundo.
{{quote1|Acredito que a única maneira clara de definir o objeto da filosofia é dizer que ela se ocupa de todos os resíduos, de todos os problemas que ficam ainda insolúveis, após experimentar todos os métodos aprovados anteriormente. Ela é o depositário de tudo o que foi abandonado por todas as ciências, em que se encontra tudo o que não se sabe como resolver. J. L. Austin, 1958. Colóquio de Royaumont}}
Austin nasceu em Lancaster, Inglaterra, em 26 de março de 1911, filho de Geoffrey Langshaw Austin e Mary Austin. Seus primeiros interesses foram Aristóteles, Kant, Leibniz e Platão e suas posturas diante das questões filosóficas foram fortemente influenciadas por G. E. Moore, John Cook Wilson e H. A. Prichard. Austin pertencia a Escola de Filosofia Realista de Oxford.
Utilizador anónimo