Diferenças entre edições de "Proxima"

18 bytes adicionados ,  20h55min de 25 de junho de 2017
→‎Referências culturais: Termos ainda no original Espanhol passados a Português.
(→‎Referências culturais: Termos ainda no original Espanhol passados a Português.)
 
== Referências culturais ==
* Os títulos dos livros escritos pela personagem Felix Cadecq ''A segunda mentira'' e ''Tempo de Vénus'' são umuma guiñopiscadela às novelas de Philip K. Dick.
* A sequência da conferência do escritor Cadecq no congresso de ciência-ficção está livremente inspirada na escandalosa comparecenciacomparência de Philip K. Dick em um congresso similar acaecidoaconteceu em Metz, França, o 24 de setembro de 1977.
* O Factor Warp é a unidade de Velocidade de Curvatura utilizada no universo ficticiofictício de Star Trek, onde o [[Warp drive]] 1 equivale à [[velocidade da luz]] e o factor Warp 9,975 a 902.519 vezes a velocidade da luz. Supostamente o factor Warp 10 é inalcanzableinalcancável, e este é o motivo central da discussão que os aficionados à ficção científica mantêm na sequência do videoclubevideo-clube.
* ''O diálogo ''lástima que não possa viver, mas quem vive?'' é uma citacitação de Blade Runner.
* A referência ao traje do imperador da conversa entre Tony e O Mensageiro a respeito do traje invisível faz referência ao conto de [[Hans Christian Andersen]] ''[[A Roupa Nova do Rei]]''.
* O comentário de Tony a respeito do motor de foguete VASIMIR (Variable Specific Impulse Magnetoplasma Rocket), desenvolvido pelo Dr. [[Franklin Chang-Díaz]] alude ao motor conhecido pelas siglas [[Foguete de fusão|VASIMIR]], inventado por este astronauta estadounidenseestado-unidense e capaz de imprimir às naves espaciais uma velocidade muito superior à actual.
* Tony e o psiquiatra Néstor mencionam repetidamente o termo [[Controle mental]], uma técnica utilizada assiduamente pelos regimes totalitariostotalitários do S.século XX e aplicada em numerosas ocasiões (com freqüência de forma ilegal) como terapia de desprogramacióndesprogramação para pacientes libertados de seitas coercitivas.
* Em sua segunda viagem espacial, Tony desembarca em Ío, um dos quatro satélites de maior tamanho do planeta [[Júpiter (planeta)|Júpiter]]. [[Io (satélite)|Io]] é também o nome de uma amante de [[Zeus]] na mitologíamitologia grega, e o nome de uma misteriosa personagem extraterrestre de ''Proxima''.
* A personagem do idoso cosmonauta russo Komarov está baseado no coronel das Forças Aéreas Soviéticas [[Vladimir Komarov]], falecido a bordo da cápsula [[Soyuz 1]] quando esta se estrelló contra a Terra por culpa de uma falha no sistema de abertura dos paracaídaspara-quedas. No filme explica-se uma ficção alternativa, segundo a qual Komarov foi resgatado por uma civilização alienígena no último momento e transportado a Próxima, onde tem seguido com vida até nossos dias.
* O capadociocapadócio Goknur pratica o giro levógiro [[dervixe]], típico dos Mevleví de Turquia, quem utilizam esta técnica para entrar em trance e atingir o êxtase místico.
* Tony mostra-lhe a Goknur uma fotografia autografiadaautografada do capitão [[Jean-Luc Picard]], personagem da série de ficção científica [[Star Trek: The Next Generation]] interpretado pelo actor britânico [[Patrick Stewart]].
* O tema musical que soa nos títulos de crédito finais tinha sido composto e interpretado por Manolo Tena dantes de que o filme fosse concebido, e tinha permanecido inédito até então. Tena cedeu seu uso aos produtores ao descobrir que, casualmente, a letra se ajustava perfeitamente ao argumento de ''Proxima''.
 
Utilizador anónimo