Bombardeamento do Hotel Shamo: diferenças entre revisões

142 bytes adicionados ,  00h38min de 29 de junho de 2017
m
ajustando datas, traduzindo nome/parâmetro nas citações usando script
m (general cleanup utilizando AWB)
m (ajustando datas, traduzindo nome/parâmetro nas citações usando script)
[[Imagem:Somalia&land map.png|thumb|right|200px|Mapa da [[Somália]], onde destaca-se a capital [[Mogadíscio]], palco do ataque suicida.]]
 
O '''Bombardeamento do Hotel Shamo''' foi um [[ataque suicida]] ao Hotel Shamo em [[Mogadíscio]], [[Somália]] a 3 de Dezembro de 2009. O bombardeamento matou 24 pessoas, incluindo quatro [[ministro]]s do goveno federal de transição,<ref name="Straits Times">{{cite newscitar jornal|titletítulo=4th minister dies of wounds |url=http://www.straitstimes.com/BreakingNews/Sport/Story/STIStory_463152.html | datedata=6 Decemberde dezembro de 2009 |workobra=[[The Straits Times]] |accessdateacessodata=6 Decemberde dezembro de 2009}}</ref> e feriu 60 outros,<ref name="BBC:8394528">{{cite newscitar jornal|titletítulo=Somalia al-Shabab Islamists deny causing deadly bomb |url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/africa/8394528.stm |datedata=4 Decemberde dezembro de 2009 | workobra=[[BBC News]] |accessdateacessodata=4 Decemberde dezembro de 2009}}</ref> tornando este o ataque mais mortífero na Somália desde o bombardeamento de Beledweyne em 18 de Junho de 2009 que matou 30 pessoas.<ref name="National Post">{{citecitar newsjornal|autor |author=Guled, Abdi, and Ibrahim Mohamed |titletítulo=Bomber kills 19 in Somalia |url=http://www.nationalpost.com/news/world/story.html?id=2301825 |datedata=4 Decemberde dezembro de 2009 |workobra=[[National Post]] |accessdateacessodata=4 Decemberde dezembro de 2009}}</ref>
 
== O Ataque ==
 
{{Quote box
| quote = O salão foi decorado de forma clara, e havia um sentimento de excitação - tais cerimônias raramente acontecem em Mogadíscio.<ref>{{cite newscitar jornal|firstprimeiro =Mohammed Olad |lastúltimo =Hassan |titletítulo=Somalia bomb attack: 'Light turned to dark' |url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/africa/8393792.stm |datedata=3 Decemberde dezembro de 2009 |workobra=[[BBC News]] |accessdateacessodata=4 Decemberde dezembro de 2009}}</ref>
| source = Mohammed Olad Hassan, ''[[BBC News]]''
| width = 35%
}}
 
O ataque ocorreu dentro da sala de reuniões do [[Hotel Shamo]], em [[Mogadíscio]], durante uma cerimônia de boas-vindas a estudantes de medicina da [[Universidade de Benadir]] e foi realizado por um militante suicida vestido de mulher, "com um véu e sapatos de mulher", segundo o Ministro da Informação Dahir Mohamud Gelle.<ref name="BBC:8392468">{{cite newscitar jornal|titletítulo=Somalia ministers killed by hotel suicide bomb |url=http://news.bbc.co.uk/2/hi/africa/8392468.stm |datedata=3 Decemberde dezembro de 2009 |workobra=[[BBC News]] |accessdateacessodata=4 Decemberde dezembro de 2009}}</ref> De acordo com testemunhas, o homem-bomba aproximou-se do lugar onde estavam os oradores, cumprimentou-os verbalmente com a frase "paz", e detonou seu cinto de explosivos.<ref name="McCrummen">{{cite newscitar jornal|firstprimeiro =Stephanie |lastúltimo =McCrummen |titletítulo=Bombing kills 19 in Somali capital |url=http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2009/12/03/AR2009120300544.html?hpid=sec-world |datedata=4 Decemberde dezembro de 2009 |workobra=[[The Washington Post]] |accessdateacessodata=4 Decemberde dezembro de 2009}}</ref> O Ex-Ministro da Saúde Osman Dufle, que estava conversando quando a explosão aconteceu, relatou que ele notou um indivíduo vestindo roupas pretas andando pela audiência pouco antes da explosão.<ref name="CNN">{{cite newscitar jornal|titletítulo=Blast kills 19 at graduation ceremony in Somalia |url=http://www.cnn.com/2009/WORLD/africa/12/03/somalia.attacks/index.html?eref=onion |datedata=3 Decemberde dezembro de 2009 |workobra=[[CNN]] |accessdateacessodata=4 Decemberde dezembro de 2009}}</ref>
 
A cerimônia - a segunda desde que a Universidade de Benadir foi instituída em 2002, um raro evento na Somália atual, dilacerada pela guerra — atraiu centenas de pessoas.<ref name="BBC:8392468"/> Estavam presentes os formandos e seus familiares, oficiais da Universidade,<ref name="RTÉ">{{cite newscitar jornal|titletítulo=Govt ministers killed in Somalia blast |url=http://www.rte.ie/news/2009/1203/somalia.html |datedata=3 Decemberde dezembro de 2009 |workobra=[[RTÉ News and Current Affairs]] |accessdateacessodata=4 Decemberde dezembro de 2009}}</ref> e cinco ministros do [[Governo Transicional Federal]] (TFG).<ref name="BBC:8392468"/> A segurança dentro da sala de reuniões era fraca e todos os guarda-costas dos ministros estavam fora da sala.<ref name="BBC:8392468"/>
 
{{referências}}
210 193

edições