Diferenças entre edições de "Angkor"

3 bytes removidos ,  15h29min de 8 de julho de 2017
Retirada da preposição "de" em demasia.
m (Removing Link FA template (handled by wikidata))
(Retirada da preposição "de" em demasia.)
As ruínas de Angkor estão localizadas em meio a florestas e terras ao norte do Lago Grande ([[Tonle Sap]]) e ao sul dos montes Kulen, próximo à moderna [[Siem Reap]] (13°24'N, 103°51'), e são consideradas como um [[Patrimônio Mundial]] da [[UNESCO]]. Na área de Angkor foram encontradas mais de mil ruínas de [[templo]]s, variando em escala de pilhas de escombros até o imponente templo [[Angkor Wat]], considerado o maior monumento religioso do mundo. Muitos dos templos de Angkor foram restaurados e, juntos, compõem o sítio mais significativo da arquitetura Khmer. O sítio de Angkor recebe mais de dois milhões de visitantes anualmente.
 
Em 1586, [[António da Madalena]], um frade Capuchinho português foi o primeiro visitante ocidental a chegar a Angkor. Em [[2007]], uma equipe internacional de pesquisadores usando [[Imagem de satélite|imagens de satélite]] e outras técnicas modernas concluiu que Angkor tinha sido a maior [[cidade]] pré-[[Revolução industrial|industrial]] do mundo, com um elaborado sistema de infra-estrutura de conectando uma área urbana de pelo menos 1.000 quilômetros quadrados a partir dos templos já conhecidos no seu núcleo.<ref name="Evans PNAS">Evans ''et al'', [http://www.pnas.org/content/104/36/14277 A comprehensive archaeological map of the world's largest preindustrial settlement complex at Angkor, Cambodia], Proceedings of the National Academy of Sciences of the USA, August 23, 2007.</ref> A rival mais próxima de Angkor, a cidade [[Civilização maia|maia]] de [[Tikal]], na [[Guatemala]], tinha entre 100 e 150 quilômetros quadrados de área total.<ref name="BBC News 2007">"Map reveals ancient urban sprawl," ''BBC News'', 14 August 2007.</ref> Apesar de sua população ainda ser um tema de pesquisa e debate, recentemente foram identificados sistemas agrícolas na área de Angkor que poderiam ter sustentado até um milhão de habitantes.<ref>[http://www.independent.co.uk/news/world/asia/metropolis-angkor-the-worlds-first-megacity-461623.html Metropolis: Angkor, the world's first mega-city], The Independent, August 15, 2007</ref>
 
{{referências}}
Utilizador anónimo