Abrir menu principal

Alterações

→‎História: Constituição do Estado de São Paulo de 1947
A '''Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo''' ('''FAPESP''') é uma instituição pública de fomento à [[pesquisa]] acadêmica ligada à Secretaria de Ensino Superior do governo do estado de São Paulo.
==História==
[[Ficheiro:Constituição Política do Estado de São Paulo de 1947.JPG|miniaturadaimagem| [[Constituição do Estado de São Paulo de 1947]] que determinou a criação da FAPESP.]]
Sua criação foi autorizada no artigo 123 da [[Constituição do Estado de São Paulo de 1947|Constituição estadual de 1947]] e a determinação constitucional foi efetivada com a fundação da FAPESP, em [[1962]]<ref>MONTOYAMA, Shenzo. FAPESP - Uma história de política científica e tecnológica. São Paulo: Imprensa oficial de SP, 1999.</ref>, cumprindo disposição da Constituição estadual de 1947, com o objetivo de incentivar e subsidiar a pesquisa no Estado, especialmente a desenvolvida nas [[universidade]]s. Com autonomia garantida por lei - o que significa que os seus dirigentes, escolhidos pelo Governador em listas tríplices, têm mandato fixo -, a FAPESP concede auxílios a pesquisa e bolsas em todas as áreas do conhecimento e financia outras atividades de apoio à investigação, ao intercâmbio e à divulgação da ciência e da tecnologia em São Paulo.
 
Atualmente, a FAPESP recebe um percentual fixo dos impostos arrecadados no estado de São Paulo e concedeu, em 2006, mais de 580 milhões de reais em bolsas e auxílios a pesquisa, em diversas áreas, como [[Ciências Biológicas]], [[Ciências da Saúde]], [[Ciências Exatas]], [[Engenharia]]s, [[Ciências Agrárias]], [[Ciências Sociais]] aplicadas, [[Ciências Humanas]], [[Letras]],[[Lingüística]] e [[Arte]]s.